Fonte: OpenWeather

    Aplicativo de corridas


    Protesto de motoristas da Uber e da 99 POP bloqueia trânsito na Djalma

    Motoristas cobram segurança para quem sai para trabalhar sem a certeza de voltar para casa com vida

    Manaus - Após a morte do motorista Sidney Barbosa de Araújo, de 41 anos, encontrado morto na manhã desta sexta-feira (28), em uma área de mata na Zona Leste de Manaus, dezenas de motoristas de aplicativos de transporte particular de passageiros (Uber e 99 POP) realizam, na tarde desta sexta-feira (28), protesto exigindo segurança para a categoria. Às 17h o ato está concentrado na avenida Djalma Batista e bloqueia o trânsito de veículos.

    O crime

    O motorista da Uber estava desaparecido desde as 23h de quarta-feira (26), quando trabalhava tanto para a Uber quanto para o 99 POP. O corpo dele foi encontrado na manhã de hoje pela esposa, com ferimentos causados por arma branca e uma faca cravada no olho. O cadáver estava em uma área na rua Rio Acari, no conjunto Colina do Aleixo, bairro São José, Zona Leste.

    Às 17h o ato está concentrado na avenida Djalma Batista e bloqueia o trânsito de veículos
    Às 17h o ato está concentrado na avenida Djalma Batista e bloqueia o trânsito de veículos | Foto: Reprodução/Twitter Manaustrans

    A localização só foi possível a partir do histórico da última corrida feita por Sidney. A esposa dele explicou que foi até à empresa 99 POP e lá recebu informações de que o companheiro havia atendido a uma solicitação de viagem do bairro Parque Dez de Novembro, na Zona Centro-Sul, para o São José Operário. 

    *Colaborou Joandres Xavier 

    Confira reportagem da Tv em Tempo

    Confira reportagem | Autor: TV Em Tempo



    Leia mais:

    Desaparecido, motorista da Uber é encontrado morto em Manaus

    Faroeste: vídeo mostra tiroteio em assalto de loteria em Manaus

    Receba notícias do Em Tempo via WhatsApp. Saiba como participar!