Vacinação em Manaus


Ainda não se vacinou contra influenza em Manaus? Dá tempo!

Com o encerramento programado para o próximo dia 30/6, ainda há campanha de imunização para gestantes, mães no pós-parto até 45 dias (puérperas), adultos de 55 a 59 anos e crianças de seis meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias. Veja como:

A vacina disponível na campanha é trivalente e protege contra os vírus da influenza A (H1N1), da influenza B e da influenza A (H3N2).
A vacina disponível na campanha é trivalente e protege contra os vírus da influenza A (H1N1), da influenza B e da influenza A (H3N2). | Foto: Altemar Alcantara/Semcomm

MANAUS (AM)- Com o encerramento da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, programado para o próximo dia 30/6, a Prefeitura de Manaus alerta para a importância da imunização de gestantes, mães no pós-parto até 45 dias (puérperas), adultos de 55 a 59 anos e crianças de seis meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias.

A vacina disponível na campanha é trivalente e protege contra os vírus da influenza A (H1N1), da influenza B e da influenza A (H3N2).

A chefe da Divisão de Imunização, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), enfermeira Isabel Hernandes, explica que o alerta é mais uma medida para estimular a procura pela vacina entre os quatro grupos prioritários. “Mesmo com a prefeitura, por meio da Semsa, mantendo 140 postos de vacinação, muitos pais e responsáveis ainda não levaram os filhos para a imunização contra a influenza. Além das crianças, a Semsa também registra baixa procura pela vacina entre gestantes", disse.

Campanha

A Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza 2020 foi iniciada em 23/3, em Manaus e tem como meta vacinar 90% de cada público alvo, o que inclui os grupos:

Idosos a partir de 60 anos;

Crianças com idade de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias;

Pessoas com Deficiência (PcDs); gestantes;

Mães no pós-parto até 45 dias (puérperas);

Trabalhadores da saúde; professores; pessoas de 55 a 59 anos de idade;

Trabalhadores de transporte coletivo; indígenas; funcionários do sistema prisional;

Pessoas privadas de liberdade;

Portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; profissionais das forças de segurança e salvamento na ativa; portuários;

Trabalhadores de transporte coletivo; e caminhoneiros.

Idosos em casa

Em relação aos idosos, que foram imunizados pelas equipes nas residências e por meio da estratégia de drive-thru, a meta da campanha foi ultrapassada, atingindo 142,69% do público estimado pelo Ministério da Saúde.

Onde se vacinar em Manaus:

A lista com o endereço dos 140 postos de vacinação pode ser acessada no site da Semsa - Clique aqui.

Leia mais:

www.emtempo.com.br/saude