Fonte: OpenWeather

    Fiscalização


    Polícia Rodoviária cria sistema para localizar carros roubados

    Sistema informa dados de carros, motos e caminhões roubados aos policiais rodoviários federais

    As informações cadastradas pelas vítimas serão repassadas para os agentes | Foto: Divulgação

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) desenvolveu uma ferramenta para facilitar que veículos roubados e furtados sejam identificados e recuperados. O sistema “Sinal” verifica se os dados fornecidos pela vítima estão corretos e repassa aos policiais, em um raio de 100 km de distância do local do crime, essas informações, para que fiquem atentos nas estradas.

    A nova ferramenta substituiu o antigo sistema “SINARF/Alerta”. A pessoa que tiver seu veículo roubado, furtado, com perda de sinal, em sequestro ou clonado, poderá fazer um cadastro com os dados do veículo no ícone “Sinal”, no portal da PRF ou diretamente pelo link www.prf.gov.br/sinal.

    Ao concluir o preenchimento do formulário, o registro automaticamente será reportado aos policiais nas consultas dos sistemas da PRF. Após o cadastro, uma mensagem do tipo "pop-up" será encaminhada para os telefones funcionais de todos os policiais que estejam em serviço operacional próximos ao local da ocorrência. Assim os veículos poderão ser localizados e recuperados mais facilmente.

    Leia também: Manaus ambiental faz reparo em canteiro central da Torquato Tapajós

    Os agentes da PRF poderão acessar os dados lançados no “Sinal” para conferir as informações e, caso necessário, também rejeitar a denúncia quando for constatado que se trata de um falso relato.

    A PRF acredita que o número de carros recuperados devem aumentar com o novo sistema
    A PRF acredita que o número de carros recuperados devem aumentar com o novo sistema | Foto: Divulgação

    Ter o carro de volta é o que todo motorista vítima de roubo quer. Um exemplo disso acontece com a autônoma Maria das Graças, de 37 anos, que teve o carro roubado em maio deste ano. Com o sistema da PRF, a mulher disse ter esperanças de encontrar o veículo.

    “É mais uma esperança. Já procurei tanto o meu carro e até agora nada. Esse sistema da PRF vai ajudar bastante. Vou fazer o cadastro e torcer que o meu carro seja localizado”, informou a autônoma.

    Outro que vai fazer o cadastro no "Sinal", com o objetivo de recuperar o carro roubado, é o bacharel em direito Marcelo Gonçalves, de 35 anos. "Fiquei sabendo desse novo sistema no início do mês de dezembro e, com certeza, vou fazer meu cadastro. Meu carro foi roubado no ano passo, mas ainda tenho esperança de recupera-lo", afirmou Gonçalves. 

    Só no ano passado, segundo a PRF, seis mil veículos foram recuperados no país inteiro. Com esse novo sistema, a expectativa é que o numero aumente 50%.

    A PRF ressalta que o registro no “Sinal” não substitui a necessidade de registrar Boletim de Ocorrência (B.O), na Polícia Civil. A PRF orienta que as vítimas tenham cuidado na hora de preencher o formulário no sistema. Os dados devem ser preenchidos corretamente, principalmente a placa do veículo.

    Edição: Isac Sharlon

    Leia mais: 

    Um ano depois, desaparecimento de delegado no Solimões segue sem resposta

    Operação 'Impacto de Segurança' caça homicidas, traficantes e assaltantesPromoção: comece o ano com mobília e pintura nova

    Promoção: comece o ano com mobília e pintura nova