Fonte: OpenWeather

    EDUCAÇÃO


    Arthur premia professores de Manaus por boa colocação no Ideb

    Prefeitura também convocou 64 aprovados no último concurso da Semed, para trabalharem na Zona Rural, e aproveitou para anunciar a progressão por tempo de serviço e carreira dos docentes e técnicos

    Manaus - A Prefeitura de Manaus anunciou, nesta quarta-feira (10), o pagamento de um prêmio no valor total de R$ 12 milhões aos professores da rede municipal de ensino. O valor repassado faz referência à nona colocação da cidade de Manaus no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de 2017.

    Ao todo, serão R$ 1.200 para os professores com carga horária de 20 horas semanais, e R$ 2.400 para os professores de 40 horas semanais. O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, destacou que a iniciativa foi uma ideia para, de fato, continuar a valorização do trabalho dos docentes.

    Junto à concessão do prêmio, a prefeitura também convocou 64 aprovados no último concurso da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizado em 2015
    Junto à concessão do prêmio, a prefeitura também convocou 64 aprovados no último concurso da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizado em 2015 | Foto: Lucas Vitor Sena

    "Nunca fui a favor da ideia de conceder abonos, já que eles não contam para a aposentadoria. Mas, como uma forma de agradecer o trabalho desses docentes e o esforço deles pela educação, resolvemos conceder esse prêmio", salientou o prefeito.

    Arthur também agradeceu a confiança dos pais e dos próprios alunos na educação pública municipal, e aproveitou para alfinetar a gestão estadual na educação. "Num quadro de anomia vivido pelo Estado, isto é, sem Governo, a Prefeitura pegou a catástrofe que pegamos ainda em 2010, herança dessa pessoa que está hoje no Governo, e e transformamos um brilhante 9º lugar na classificação nacional. O nosso objetivo é subir de 9º para 8º lugar no próximo Ideb", ressaltou.

    Progressão e convocação

    Junto à concessão do prêmio, a prefeitura também convocou 64 aprovados no último concurso da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizado em 2015. Além disso, ainda foi anunciada a progressão por tempo de carreira e serviço dos docentes e servidores técnico-administrativos, que deve acontecer a partir do mês de novembro. O orçamento dispensado para a progressão, retirados do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), devem ficar na base de R$ 3 milhões.

    Kátia Schweickhardt destacou que Manaus foi uma das capitais brasileiras que mais cresceram no Ideb
    Kátia Schweickhardt destacou que Manaus foi uma das capitais brasileiras que mais cresceram no Ideb | Foto: Lucas Vitor Sena

    Segundo a secretária municipal de Educação, Kátia Schweickhardt, o pagamento do prêmio, a progressão e a convocação dos aprovados fazem parte das políticas voltadas, principalmente, à primeira infância. "Pesquisas demonstram que, quando se investe nas crianças até os 8 anos de idade, há uma chance enorme de mudar o futuro da nação, já que elas são o futuro. Quando nós investimos em políticas educacionais, estamos pavimentando a semente da nossa terra, que são as crianças", afirmou.

    A gestora ainda destacou que Manaus foi uma das capitais brasileiras que mais cresceram no Ideb, diferentemente de várias outras capitais que caíram na classificação. Para ela, o novo desafio, agora, é reduzir o abandono escolar, que ainda continua alto.

    "Hoje, nós somos a terceira maior rede de educação básica do Amazonas, com mais escolas do que Porto Alegre ou Salvador, oferecendo uma educação considerada de elite e melhores que muitas escolas de classe alta de São Paulo, por exemplo. Tudo isso foi graças ao esforço dos professores, técnicos, pais, alunos e da Prefeitura de Manaus. Hoje nós somos referência em todo o Brasil, porque estamos trilhando um caminho de austeridade e incentivando o trabalho técnico, com metas, valorização e fortalecimento da formação dos professores", completou.

    Leia mais:

    Justiça autoriza Amazonino a pagar professores com recursos do Fundeb

    Pais poderão acompanhar desempenho escolar dos filhos por SMS

    Aproximadamente 2 mil crianças festejam abertura da 'Festa da Criança'