Fonte: OpenWeather

    Aprovados


    Dez novos defensores públicos serão empossados na próxima semana

    O concurso teve um total de 58 classificados, e 27 defensores já foram nomeados.

    Os novos empossados atuarão no interior do Amazonas | Foto: Divulgação

    Manaus- Dez novos defensores públicos aprovados no último concurso serão empossados para ocuparem polos da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), localizados no interior do Amazonas pelo defensor público geral, Rafael Barbosa.

    A posse será na próxima segunda-feira (18), às 8h, na sede do Governo do Estado, na Avenida Brasil, bairro Compensa, Zona Centro-Oeste. 

    Os 10 nomes a serem empossados na próxima segunda-feira são: Gabriel Herzog Kehde, Carine Teresa Lopes de Souza Possidônio, Thaís Maria Marra Correa, Lucas Fernandes Matos, Elânia Cristina Fonseca do Nascimento, Luiz Gustavo do Nascimento Cardoso, Enale de Castro Coutinho, Jessica Cristina Melo de Matos, Rodrigo Santos Valle e Marilia Oliveira Martins.

    A nomeação dos concursados irá fortalecer o processo de interiorização e melhorar o atendimento da população do interior. Entre os já nomeados e a serem empossados está a amazonense Carine Possidônio. Aos 26 anos, ela já trabalhou como assistente jurídica na Defensoria Pública e ficou emocionada com o momento muito especial da sua vida. “Minha expectativa contribuir para fazer melhor o que a Defensoria faz, que é atender bem ao assistido que nos procura”, afirmou Carine.

    Outro amazonense a ser empossado será Lucas Matos, 25, que foi servidor do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-AM) e também está feliz por realizar o sonho de atender juridicamente o cidadão amazonense por meio da DPE-AM. “É uma grande responsabilidade para a qual darei o meu melhor”, assegurou.

    A defensora Elânia Cristina Fonseca do Nascimento, 31, que também será empossada, é cearense, mas radicada em Boa Vista (RR) há mais de 20 anos. Ela disse estar feliz pela aprovação no concurso do Amazonas por ficar mais próxima da família e poder permanecer na região Norte.

    “Estou me sentindo muito acolhida aqui no Amazonas onde quero ficar para realizar o meu trabalho como defensora”, afirmou ela, que já fez vários concursos para o cargo em outros estados."

    .*Com informações da assessoria