Fonte: OpenWeather

    Detran-AM


    Saiba como novas tecnologias estão a serviço do condutor no Amazonas

    O Detran-AM pretende aliar novas tecnologias para melhor atender o condutor amazonense e desburocratizar alguns serviços que demandam tempo

    Detran aposta em novas tecnologias para melhorar serviços | Foto: Leonardo Mota

    Manaus - O Departamento de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) conta, atualmente, com mais de 120 serviços disponíveis para a população. No entanto, segundo o diretor-presidente do departamento, Rodrigo de Sá, eles devem ser digitalizados nos próximos anos. Dessa forma, o cidadão poderá, de sua casa e pelo seu smartphone, executar os serviços, tornando a necessidade de ir até o órgão uma escolha do condutor.

    O objetivo principal é mudar o estereótipo de uma empresa arrecadadora e alinhar novos serviços a novas tecnologias.

    “O Detran-AM precisa muito de tecnologias que ajudem o cidadão, que paga uma taxa para ter esse serviço. Estamos aliados às tecnologias, digitalização dos novos serviços com plataformas. É um sonho de consumo. Considerando a realidade cultural, estaremos perto da população também com os postos de atendimento. O nosso povo é muito sinestésico, gosta de estar perto e nós também precisamos estar perto das comunidades” afirmou.

    A digitalização dos novos serviços é uma das metas da nova gestão de Rodrigo de Sá
    A digitalização dos novos serviços é uma das metas da nova gestão de Rodrigo de Sá | Foto: Leonardo Mota

    Os novos projetos de digitalização de outros serviços fazem parte das mudanças, como também o abandono de algumas tecnologias usadas há mais de 30 anos pelo órgão.

    Culturalmente, alguns motoristas preferem ir até o órgão para realizar pagamentos e renovação de documentos. Há também aqueles que preferem resolver manualmente, no próprio celular. Sobre o assunto, existem os que são a favor ou que são contra a proposta.

    A nutricionista Paula Kamila, que é condutora, afirmou que gostou de saber que a maioria dos serviços serão disponibilizados pelo Detran-AM, mas já sofreu com a desorganização do serviço. “Serviço digital é mais prático e agiliza muita coisa. Ainda mais quando é só chegar lá para receber, mas mesmo assim ainda há uma desorganização nos atendimentos”, afirma.

    O técnico em TI, Adriel Flávio, pensa nos condutores que não sabem usar os serviços digitais. “É ótimo o serviço digital, o único contra é para as pessoas que não sabem ou não querem resolver as coisas digitalmente. O atendimento pessoal deve continuar para elas”, disse.

    O antigo Bafômetro emitia nota e precisava do sopro do condutor
    O antigo Bafômetro emitia nota e precisava do sopro do condutor | Foto: Divulgação/ Detran-AM

    Pagamento de multa no flagrante

    Como parte da proposta de desburocratização dos serviços, o motorista agora tem a opção de pagar a multa no ato da abordagem dos agentes, evitando que o carro seja removido e que haja pagamento de taxa de guincho.

    Antes, o motorista irregular recebia o documento para ir até a sede do Detran-AM sanar suas dívidas junto ao órgão e regularizar o nome, juntamente com o veículo. Com a nova tecnologia, o motorista, disposto a pagar na hora, consegue ficar regular e pode parcelar a dívida.

    “Amazonas é pioneiro nas Blitz de trânsito com pagamento na hora. É referência em fiscalização. Daremos uma oportunidade para o condutor se regularizar diante do órgão”, afirmou Rodrigo de Sá.

    O comprador Davi Rocha gostou de saber que em alguns serviços não precisará se descolar até o Detran-AM. "Sensacional saber disso. Ter que me deslocar até o Detran pra resolver essas coisas é bem mais complicado, pagar multa na hora é algo muito útil", afirmou. 

    Alguns condutores preferem ir ao Detran para resolver burocracias
    Alguns condutores preferem ir ao Detran para resolver burocracias | Foto: Divulgação/ Detran-AM

    Reconhecimento facial 

    Prestes a completar um mês, a iniciativa de um sistema com reconhecimento facial foi uma observação do coordenador do Renach que viu a vulnerabilidade do sistema para desenvolver um programa.

    O sistema implantado em parceria com o Processamento de Dados do Amazonas (Prodam) implementou no Estado a novidade, que faz parte de uma mudança estabelecida pelo Departamento Nacional de Trânsito do Amazonas (Denatran).

    O novo método agrada a maioria dos condutores
    O novo método agrada a maioria dos condutores | Foto: Divulgação/ Detran-AM

    O cidadão que vai renovar ou tirar a primeira carteira de habilitação passa pelo cadastro de imagem e biometria. No processo de segunda via, renovação e mudança de categoria a imagem tirada é automaticamente confrontada com o primeiro cadastro. Se houver 90% de semelhança, o sistema dá autorização para seguir com os procedimentos. Se não atingir, é negado. É um sistema simples em relação à tecnologia, mas importante nesse processo. A empresa Thomas Greg será responsável pela captação das imagens dos condutores.