Fonte: OpenWeather

    EDUCAÇÃO


    Governo autoriza retorno de aulas remotas na rede pública e privada

    Projeto 'Aula em Casa' será retomado pela Secretaria de Estado de Educação

    Governador anunciou a nova medida em live, na manhã desta sexta | Foto: Divulgação

    Manaus - O governador do Amazonas, Wilson Lima, anunciou a retomada das aulas, em modalidade remota, para as redes públicas e privadas de ensino. A autorização para funcionamento das instituições de ensino com aulas remotas será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), junto às novas medidas de enfrentamento à Covid-19, anunciadas nesta sexta-feira (29) pelo Comitê de Enfrentamento.

    Durante live realizada esta manhã, no Facebook, Wilson Lima informou que as aulas estão autorizadas somente de forma remota e que, na próxima semana, serão divulgados os detalhes para os estudantes da rede pública estadual. “Aulas somente pela internet e também nas plataformas do ‘Aula em Casa’”, afirmou.

    Com a medida, a rede estadual de ensino deve iniciar o Ano Letivo 2021 com o projeto “Aula em Casa”, que é o regime especial de aulas não presenciais. A iniciativa é coordenada pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto, por meio do Centro de Mídias da Educação do Amazonas (Cemeam). Ainda não foi divulgada a data para início das atividades da rede estadual.

    A exemplo do ano passado, a Secretaria de Educação será responsável pela transmissão das aulas, por meio de canais de televisão abertos da TV Encontro das Águas e plataformas on-line, como o aplicativo “Aula em Casa” e canais no YouTube.

    O conteúdo, que no ano passado foi disponibilizado para mais de 7,2 milhões de estudantes, em 12 estados brasileiros, estará disponível para parcerias com as redes municipais e estaduais. O objetivo é que o regime especial de aulas não presenciais auxilie as demais redes na manutenção do calendário letivo durante a pandemia.

    *Com informações da assessoria*

    Leia mais:

    Novo decreto altera horários das feiras e feriado de carnaval no AM

    Esperança: idosos falam do sentimento de serem vacinados em Manaus