Fonte: OpenWeather

    Irregularidades


    Após denúncias, supermercados são vistoriados em Manaus

    CIF volta aos supermercados para conferir cumprimento de medidas de prevenção à Covid-19. Na quarta-feira (7), a equipe de reportagem do EM TEMPO registrou irregularidades na rede DB

    Manaus - Seis supermercados localizados em bairros da zona norte de Manaus foram vistoriados pelas equipes da Central Integrada de Fiscalização (CIF), na tarde desta quarta-feira (7). A ação ocorre após uma reportagem do EM TEMPO questionar irregularidades na rede de supermercados DB, onde foi possível registrar funcionários sem máscaras, ambientes sujos e até produtos vencidos.

    Pela segunda semana seguida, os estabelecimentos do setor estão sendo acompanhados devido às denúncias de aglomeração e possível descumprimento de medidas de prevenção da Covid-19, como a não utilização de máscara por clientes e até funcionários.

    Nesta quarta-feira, houve apenas orientações nos seis estabelecimentos visitados, sem autuações. Em alguns dos locais, foram encontrados clientes circulando sem máscaras.

    Foram fiscalizados supermercados nos bairros Nova Cidade, Cidade de Deus e Cidade Nova. Além de cobrar as medidas sanitárias preventivas contra a Covid-19, os fiscais também observaram mercadorias e as condições de equipamentos. Foi com esse pente fino que, no sábado (3), as equipes apreenderam e inutilizaram 120 quilos de carne estragada em um mercado no bairro Betânia, na zona sul da capital.

    Apesar de não encontrar irregularidades, os agentes dos órgãos que compõem a CIF precisaram fazer orientações.

    No Super Nova Cidade, a recomendação foi para ampliar a distribuição de álcool em gel no interior do estabelecimento, instalar proteções acrílicas nos caixas e monitorar o uso adequado de máscaras por funcionários da área de açougue, conforme a equipe de reportagem do EM TEMPO observou

    Os fiscais também pediram para melhorar a distribuição de álcool em gel no DB Nova Cidade, que fica no bairro de mesmo nome, e no Baratão da Carne e Mercadinho São Jorge, situados na Cidade de Deus.

    Já no Supermercado Atack da avenida Max Teixeira, Cidade Nova, a orientação foi por instalar proteções acrílicas ou oferecer viseiras faciais aos funcionários. No supermercado Coema, os fiscais não identificaram inconformidades.

    O fiscal sanitário da Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus), Fabrício Barros, enfatizou a importância do uso correto de máscara e do álcool em gel nesses estabelecimentos.

    “Hoje a ação foi mais para orientação sanitária, sem nenhuma autuação na parte da tarde. Porém, foram prestados esclarecimentos para os gerentes e representantes dessas lojas a respeito de manutenção e das medidas de prevenção”, pontuou.

    A CIF comercial ocorre em dias da semana, de manhã e à tarde. Os locais de vistoria são definidos a partir de denúncias da população ao 190 e também a partir de levantamentos dos órgãos integrantes.

    Coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), participaram da CIF comercial desta quarta-feira a Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM), Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) e Visa Manaus.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Justiça autoriza asfaltamento de trecho da BR-319/AM

    Centro Histórico de Manaus recebe nova sinalização de trânsito

    Terceira onda da Covid-19 no Amazonas pode começar em junho