Fonte: OpenWeather

    Taxistas de Manaus


    Taxistas de Manaus dão descontos na corrida para quem for tomar vacina

    Os passageiros devem baixar o aplicativo da cooperativa escolhida e pedir a corrida em deslocamento a um posto de aplicação da vacina contra a Covid-19 em Manaus

     

    O desconto será feito por meio dos aplicativos
    O desconto será feito por meio dos aplicativos | Foto: Reprodução

     

    Manaus - As cooperativas de táxi e o aplicativo Taxi Manaus anunciaram campanha de descontos de até 30% para passageiros que utilizarem os aplicativos em deslocamento para serem vacinados contra a Covid-19. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (8). 

    Em visita ao Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), a categoria informou que as viagens valem seja indo para tomar vacina ou saindo dos sete postos de imunização montados pela Prefeitura de Manaus na capital.

    O diretor-presidente do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Paulo Henrique, elogiou a iniciativa. “É um importante trabalho social que a categoria dos taxistas irá oferecer à população, ainda mais neste período de restrições econômicas e de deslocamento”, frisou.

     

    Os passageiros devem baixar o aplicativo da cooperativa escolhida
    Os passageiros devem baixar o aplicativo da cooperativa escolhida | Foto: Divulgação IMMU

    O desconto será feito por meio dos aplicativos Taxi Manaus, além dos APPs das cooperativas Golfinho Rádio Táxi, Tocantins Rádio Táxi, Tucuxi Rádio Táxi e Associação Cidade Nova Rádio Táxi.

    Os passageiros devem baixar o aplicativo da cooperativa escolhida e pedir a corrida em deslocamento a um posto de aplicação da vacina.

    De acordo com o presidente da cooperativa Golfinho, Marcelo Neder, o oferecimento do desconto foi o resultado de acordo com as rádios táxis envolvidas e levou em conta a necessidade de aumentar o número de imunizações na capital. 

    *Com informações da assessoria ao Em Tempo

    Leia mais:

    Anel Leste: governo do AM vistoria maior obre viária de Manaus 

    Após denúncias, supermercados são vistoriados em Manaus