Fonte: OpenWeather

    Produto da casa


    Você gosta piranha? Conheça a versão da sopa instantânea do peixe amazônico

    O Inpa formulou a sopa e patenteou o produto que basta ter água quente adicionada

    O caldo de piranha é forte, logo, ajuda a repor as energias rapidamente, conforme a nutricionista. | Foto: Divulgação

    Você chega do trabalho cansado, numa segunda-feira chuvosa e tudo que você quer é uma cama e algo quentinho para tomar. Pensando nisso, o  Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) desenvolveu um sopa de piranha desidratada com alto valor nutritivo. A sopa é preparada a partir do polêmico peixe amazônico e é apresentada na forma desidratada, que basta ter água quente adicionada  para que seja preparada. Uma sopa instantânea, que poderia ser como muitas que existem no mercado, mas com um grande diferencial: cheia de nutrientes.

    Rápido e prático de ser feito, o caldo de piranha pode ser consumido para aliviar a fome ou o mal-estar característico após o consumo de bebidas alcoólicas em excesso, a ressaca. Mas o que poucos sabem é do seu alto valor nutricional.

    A sopa de piranha desidratada é um alimento do peixe pouco apreciado pela população, em geral, por ser carnívoro e pouco amigável. O Inpa desenvolveu a formulação da sopa e patenteou o produto, que está em fase de desenvolvimento em uma empresa que pretende produzá-la em larga escala.

    Leia também: Estudo da Ufam afirma que valor da venda do açaí não cobre custos de produção dos extrativistas

    Segundo a coordenadora de Extensão Tecnológica e Inovação do Inpa,  Noélia Falcão, o instituto realiza uma espécie de concessão, por meio de royalty, ou seja, uma quantia é paga pelo direito de usar ou comercializar o produto, e, de acordo com regras estabelecidas pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), um terço das vendas dos produtos são de direito dos desenvolvedores.

    “Essa porcentagem é dividida em três partes iguais. Uma vai para o laboratório onde foi desenvolvida a tecnologia para que invista em mais pesquisas, outra parte para o Inpa e a terceira vai diretamente para o pesquisador. Esses 33,33% pode ser um alto valor, só depende das vendas da empresa”, revela Noélia

    Combate a desnutrição infantil

    O produto é considerado de grande potencial, uma vez que a piranha é abundante no Amazonas, possui baixo custo e tem níveis de proteína semelhantes à de outros peixes como o tambaqui. Com todos esses atraentes atributos, as expectativas do desenvolvedor da fórmula, já falecido, era de que a sopa ajudasse no combate à desnutrição infantil.

    A piranha é abundante no Amazonas, possui baixo custo e tem níveis de proteína semelhantes à de outros peixes como o tambaqui.
    A piranha é abundante no Amazonas, possui baixo custo e tem níveis de proteína semelhantes à de outros peixes como o tambaqui. | Foto: Divulgação

    Segundo a nutricionista Raíssa Lima, a proposta é muito atrativa. “A sopa de piranha tradicional é cheia de legumes. O peixe, por ter muitas espinhas, também é uma excelente fonte de cálcio. Além disso, você também encontra vitaminas, minerais, colágeno e proteína porque a carne é vermelha", diz. 

    Para Raíssa, assim como já é utilizada a farinha da pupunha e a casca do ovo para enriquecer a merenda escolar, essa alternativa levaria nutrição e sabor à merenda das crianças. “A piranha triturada é usada para obter minerais como fósforo, magnésio e potássio. Para enriquecer a alimentação é uma escolha excelente e o sabor também é delicioso”, completa. 

    O caldo de piranha é forte, logo, ajuda a repor as energias rapidamente, conforme a nutricionista. Quando acrescidos de certos nutrientes, os caldos podem ajudar até mesmo a prevenir alguns problemas de saúde e acelerar o tratamento de determinadas doenças.


    Edição: Luis Henrique Oliveira


    Leia mais:

    O que fazer com as crianças em Manaus no período das férias

    Vírus do HIV pode ser controlado mas medicação não substitui prevenção a Aids

    Vendedora de sucos desaparece após levar rancho para marido preso no Compaj