Fonte: OpenWeather

    saúde


    Consultas e exames podem ser consultados pela internet; saiba como

    Em Manaus, o novo sistema pode ser acessado pelo site da Secretaria Municipal de Saúde

    O novo sistema já está acessível aos usuários no site da Semsa. | Foto: Júnior Mell
    O novo sistema já está acessível aos usuários no site da Semsa.
    O novo sistema já está acessível aos usuários no site da Semsa. | Foto: Júnior Mell

    Manaus - Acompanhar o andamento de marcação de exames que são realizados nas Unidades Básica de Saúde (UBS) de Manaus deve ficar mais fácil para os usuários a partir desta semana. É o que garante a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) com o lançamento na manhã desta quinta-feira (1) de uma plataforma na internet para facilitar na hora consultar a data e o local para realizar o procedimento médico.

    Desenvolvido com a intenção de atender principalmente idosos e mulheres gestantes, a plataforma será mais uma forma de realizar a consulta que atualmente é de informação por meio de um sistema de mensagens por celular (SMS) ou ligação, que avisa ao usuário quando deve ir até a unidade Básica de Saúde buscar sua autorização de exame.

    Leia também: Armadilha: conheça alimentos que parecem saudáveis mas não são

    Selma está gravida de nove meses, e diz que agora não vai precisar se deslocar até a unidade para saber sobre a liberação de seus exames
    Selma está gravida de nove meses, e diz que agora não vai precisar se deslocar até a unidade para saber sobre a liberação de seus exames | Foto: Junior Mello


    Grávida de nove meses, Selma Kelly conta como é realizado o procedimento médicos na UBS Ida Mentoni, localizada no bairro São Jorge, Zona Oste de Manaus. "Sempre realizo meus exames aqui na unidade, passo pelo médico e, em seguida, dou entrada na solicitação do meu exame. Às vezes demora 10 dias, mas já chegou a demorar até 20 dias para eu ter uma resposta. Quando está pronto, eles me ligam e avisam quando tenho que vir aqui na UBS buscar minha autorização", relatou. 

    Para a Selma, a novidade chega em um bom momento. "Se funcionar como estão falando, vai se bom, porque assim a gente não vai ter que ficar se deslocando até o posto de saúde para saber se foi ou não foi confirmado o exame", disse.

    De acordo com a enfermeira Joice Viana, em média, a unidade que acompanha a gravidez de Selma, chega a atender em média entre 400 e 500 solicitações de exames por mês. "Aqui na unidade as pessoas passam pelo médico e em seguida já descem para solicitar os exames no sistema. Agora com esse novo sistema vai melhorar muito a vida dos pacientes que não precisarão ter que vir aqui pra saber se foi ou não deferida a sua solicitação", reforça. 

    Redução de faltas nas consultas

    Secretário de Saúde, Marcelo Magaldi, fala sobre o novo sistema.
    Secretário de Saúde, Marcelo Magaldi, fala sobre o novo sistema. | Foto: Junior Mello

    O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, explicou durante o lançamento que o antigo sistema que usa SMS foi implantado como solução se tornou, de certo um modo, um problema para a secretaria. "Esse sistema não tem conseguido atingir todos os usuários, porque muitos trocam de número telefone e quando a solicitação do exame é autorizada no sistema a informação não chega em tempo hábil para o paciente ir até a unidade de saúde buscar a autorização", explicou. 

    Com a nova tecnologia, a expectativa é que diminua o número de absenteísmo, ou seja, que os usuários não faltem mais aos exames. "O sistema registra ausência de aproximadamente de 40% no número de procedimentos e consultas autorizadas. Há casos em que a pessoa é informada e não comparece, além de casos onde não se consegue contato com o paciente, porque o número ou é de um amigo ou de um vizinho, que acaba esquecendo de avisar para a pessoa interessada", afirmou o secretário.

    Como acessar o novo sistema

    A consulta aos procedimentos no novo sistema pode ser feita pelo computador, celular ou de qualquer outro dispositivo que esteja conectado à internet para acessar o sistema da Semsa.

    Em seguida, o usuário deve clicar no ícone que aparece do lado esquerdo da página com o nome 'CONSULTA SISREG'Segundo o chefe da Divisão de Regulação, administrador Marcus Vinícius, após os procedimentos citados, o usuário vai precisar apenas inserir o nome completo ou o número da solicitação, além do nome da UBS solicitante, para identificar no sistema se a autorização já está liberada. 

    | Foto: Reprodução

    Ainda de acordo com Marcus, a forma antiga de avisar os usuários via SMS sobre a liberação da autorização de exame irá permanecer. 

    Edição: Lívia Nadjanara

    Leia mais:

    Grupo empresarial doa mais de 2 mil quilos de alimentos à Lacc

    Delegacia da Mulher oferece atendimentos médicos até dia 7 de março

    Média de renda per capita do brasileiro foi de R$1.268 em 2017