Fonte: OpenWeather

    Risco ao meio ambiente


    Câmara vai votar projeto que libera abate de animais silvestres

    Projeto começou a tramitar este ano e recebeu posicionamento contrário do Ministério do Meio Ambiente

    Na prática, o projeto libera também o abate de espécies silvestres | Foto: Márcio Melo

    Brasília - Na direção oposta à lei paulista, tramita na Câmara dos Deputados um projeto que libera a caça no país. Também usando como justificativa a expansão de javalis, o projeto de autoria do deputado Valdir Colatto (MDB-SC), ligado à bancada do agronegócio, institui a Política Nacional de Fauna.

    Leia também: Pesquisadores identificam 12 novas espécies na Amazônia

    Na prática, libera, além do abate da praga, também o de espécies silvestres - até mesmo dentro de unidades de conservação - quando consideradas uma ameaça à saúde pública ou nocivas à agropecuária. Autoriza a caça esportiva e legaliza o comércio de animais silvestres.

    O projeto começou a tramitar neste ano, após ter recebido um posicionamento contrário do Ministério do Meio Ambiente. Também foi rejeitado pelo relator do projeto na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, o deputado Nilto Tatto (PT-SP), e por um grupo de cientistas e ambientalistas, que entregou um dossiê com estudos mostrando os riscos do projeto.

    O texto foi retirado de pauta na semana passada e passará por audiência pública na terça.

    Leia mais:

    Invasão de jacarés assusta moradores da Zona Norte de Manaus

    Abate e manejo de jacarés é autorizado na reserva do Mamirauá

    AM é o terceiro no ranking do desmatamento nacional