Serviços


Amazonenses enfrentam problemas com internet durante quarentena

Segundo operados e redes de telecomunicação, o problema aconteceu devido aos últimos blecautes de energia.

Segundo especialista uma das alternativas para não sair prejudicado pelas oscilações de internet é realizar estabelecer horários de uso | Foto: Reprodução

Segundo especialista uma das alternativas para não sair prejudicado pelas oscilações de internet é realizar estabelecer horários de uso
Segundo especialista uma das alternativas para não sair prejudicado pelas oscilações de internet é realizar estabelecer horários de uso | Foto: Reprodução

Manaus (AM) – Com diversos serviços suspensos para prevenir a proliferação do vírus COVID-19, muitos trabalhadores foram encaminhados a cumprir sua rotina de trabalho em casa (home office) mas o que parecia ser um serviço tranquilo passou a trazer dor de cabeça para os trabalhadores que começaram a sofrer com a má qualidade dos serviços de internet em Manaus.

Nos últimos dias, atividades simples como acessar um site ou assistir vídeos informativos passaram a exigir um longo tempo de espera para moradores da capital amazonense. Segundo os moradores da capital, o problema começou ainda na semana passada.

No último domingo (22), a situação afetou toda a cidade após a queda de energia que voltou a persistir nesta terça-feira (24), e acabou atrapalhando muitos trabalhadores como a relações públicas, Ana Clarissa que previu que a rede de internet iria prejudicar seu trabalho.

“Como muita gente está em casa eu já fiquei atenta para possíveis períodos  em que ela ficasse fora do ar. Mas hoje  atrasou todo o meu trabalho e eu passei duas horas sem internet em casa e no celular”

Ana destacou, ainda, que o problema com a falta de internet atinge a rede da residência dela e os dados móveis. Como o problema é coletivo, a única solução é esperar o serviço retornar ao normal mas, muitas vezes sem previsão.

Denúncias

| Foto:

Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), os consumidores que estiverem insatisfeitos com a qualidade dos serviços contratados devem entrar em contato com as empresas responsáveis e caso o problema não seja resolvido, deveram realizar denúncias na rede de atendimento ao cliente da Anatel ou via digital pelo site:  

A empresa, afirmou ainda, que está ciente do importante papel do setor de telecomunicações e tem adotado diversas medidas para manter o Brasil conectado durante a pandemia do novo Coronavírus e que os problemas podem estar relacionados a redução do quadro de funcionário devido às medidas contra os avanços do Coronavírus.

Também, foi informado que os problemas devem ser solucionados nos próximos 10 dias. Que medidas estão sendo analisadas e discutidas para que o problema não se agrave no decorrer do isolamento. O objetivo é  que seja possível garantir a disponibilidade dos serviços de telecomunicações  que suporte a demanda por internet para atendimento, por exemplo, às pessoas que estão em trabalho remoto e às que querem se manter em contato com amigos e parentes.

Alternativa

Enquanto muitos ainda sofrem com a falta de internet em suas casas é preciso saber que nem tudo está perdido. Segundo especialista em processamento de dados e redes de computadores, Edson Silva é possível não ficar tão prejudicado com a falha dos serviços de internet.

Em casa é  preciso organizar o horário de cada membro da família utilizar os dados para o sistema não ficar lento
Em casa é preciso organizar o horário de cada membro da família utilizar os dados para o sistema não ficar lento | Foto: Reprodução

“Nesse momento em que as pessoas estão em quarentena e por isso muitos passaram a trabalhar em casa é  preciso organizar o horário de cada membro da família utilizar seus serviços, afinal é comum que com mais pessoas usando, o sistema  sofra uma sobrecarga. Então se alguém tem uma videoconferência de trabalho é viável que os outros que estão em casa não utilizem o serviço, pois, exigem mais dados, como vídeos e filmes”, explicou o profissional

Outra solução para as pessoas não sofrerem com a oscilação dos serviços, é reduzir a qualidade das plataformas. Segundo Edson, algumas redes sociais já apresentam essa alternativa mas, devido a circunstância, é viável que o próprio usuário se adequar a essa opção.

“Ao assistir vídeos, é possível reduzir a qualidade. Se você está assistindo a um filme na melhor qualidade, não faz mal reduzir um pouco, até mesmo para que a plataforma realize o carregamento completo da mídia”, ressaltou Edson.

Mas se o profissional já trabalha de forma home office e constantemente sofre com oscilações ou a falta do serviço em momentos específicos, o especialista ressalta que a melhor opção é utilizar dois provedores na residência, assim, sempre o usuário tem uma segundo opção.

Posicionamento

Por nota, a Claro informou que a rede segue operando normalmente em Manaus. A operadora esclareceu ainda, que devido a falha prolongada no abastecimento de energia elétrica e as fortes chuvas e alagamentos que atingiram a capital nos últimos dias, alguns clientes podem ter observado dificuldades pontuais para acessar os serviços. A empresa reforçou que suas equipes técnicas foram mobilizadas imediatamente para atuar na normalização das atividades no menor tempo possível. O mesmo posicionamento é valido para a empresa NET, uma vez que ambas fazem parte da mesma rede de operações.

As operadoras Vivo, Tim e a OI informaram que os serviços de voz e dados estão funcionando normalmente e que alguns clientes podem ter encontrado dificuldades para utilizar os serviços de dados e voz nesta terça-feira (24) e também no último domingo ( 22), devido à falta de energia elétrica provocada por blecaute ocorrido no Amazonas.

Fibra Óptica  

Em 2019, mais de 1,62 milhão de domicílios brasileiros passaram a contar com o serviço de banda larga fixa
Em 2019, mais de 1,62 milhão de domicílios brasileiros passaram a contar com o serviço de banda larga fixa | Foto: Reprodução

Presente em quase 80% dos bairros de Manaus, a fibra óptica é a saída para aqueles que estão cansados de estabelecer uma conexão com os pacotes de banda larga. Segundo a Anatel, somando o primeiro semestre de 2019 e o último de 2018, mais de 1,62 milhão de domicílios brasileiros passaram a contar com o serviço de banda larga fixa.

A empresa OI é uma das operadoras que alcançam aproximadamente 14 mil clientes em Manaus com o seu serviço de internet por fibra óptica. Com o serviço lançado há um ano, além dos 14 mil clientes atendidos, distribuídos por 39 bairros, existem mais de 134 mil casas com fibra passada e aptas a receber o sistema.

Rede 5G

Considerada a rede das redes, a infraestrutura 5G poderá substituir qualquer outra. As três principais vertentes apresentadas pelo 5G são a banda larga móvel otimizada (eMBB); as comunicações massivas máquina-máquina (mMTC) e as comunicações de baixa latência e alta confiabilidade (uRLLC).

Segundo estudos, a nova rede de dados poderá solucionar o problema de muitos brasileiros quando o assunto é rapidez e qualidade. Mas a inovação só chegará ao Brasil em 2021 e ainda não possui previsão para o Amazonas.

O 5G desenvolverá uma infraestrutura na qual diversas aplicações poderão ser implementadas, como a internet das coisas (IoT), a telemedicina e os carros conectados. Outras aplicações esperadas incluem realidade virtual, realidade aumentada, cloud computing e smart city.