Fonte: OpenWeather

    Prodígio


    Aprendiz descobre novo planeta com apenas 3 dias de trabalho na Nasa

    A culpa é do estagiário? Wolk Cukier, de 17 anos, mitou e ajudou a colocar um ponto final em zoeira interminável

    Entre uma espiada e outra, numa rotina que tinha menos de 72 horas, o sortudo notou um brilho diferente
    Entre uma espiada e outra, numa rotina que tinha menos de 72 horas, o sortudo notou um brilho diferente | Foto: Divulgação


    Sabe aquela lenda urbana que tudo é culpa do estagiário? Ela caiu por terra, literalmente, para o jovem Wolk Cukier, funcionário da Nasa, a agência espacial norte-americana, que descobriu a existência de um novo planeta com dois sóis, com apenas três dias no novo emprego. Um tapa na cara da sociedade, hein?

    Essa história aconteceu em meados de 2019, mas só foi divulgada agora. Tudo rolou enquanto o aprendiz de 17 anos examinava um satélite super potente, chamado TESS, conhecido carinhosamente nos corredores do Goddard Space Flight Center, um dos institutos de pesquisa mais renomados do mundo, como "o caçador de planetas".

    Entre uma espiada e outra, numa rotina que tinha menos de 72 horas, o sortudo notou um brilho diferente, vindo de duas estrelas 6,9 vezes maior que a Terra. Como quase ninguém confia no estagiário, uma banca examinadora conferiu por semanas a movimentação, antes de bater o martelo: Habemus um novo planeta!

    "Nossas certezas vieram e se foram algumas vezes, mas ao final estávamos seguros de que havíamos encontrado um planeta", declarou o prodigioso funcionário à rede americana ABC. 

    Depois disso, temos uma certeza, a zoeira que garante grandes histórias e boas risadas ao redor do mundo acabou! E é verdade esse bilhete.