Fonte: OpenWeather

    Sentença


    Justiça confirma condenação de ex-PMs por morte de adolescente

    Os policiais também são acusados de ocultar o cadáver e de tentar matar outro jovem, que se fingiu de morto depois de receber dois tiros

    O crime aconteceu em 11 de junho de 2014, depois que os policiais apreenderam os jovens no centro da cidade, por suspeita de furto, e os colocaram dentro de uma viatura | Foto: Agência Brasil

    Rio de Janeiro - Desembargadores da 4ª Câmara Criminal do Rio de Janeiro confirmaram, nesta terça-feira (15), a condenação de dois ex-policiais militares pela morte do adolescente Matheus Alves dos Santos. Fábio Magalhães e Vinicius Lima são acusados de executar o rapaz no morro do Sumaré, na zona norte da cidade do Rio, em 2014.

    Eles também são acusados de ocultar o cadáver e de tentar matar outro jovem, que se fingiu de morto depois de receber dois tiros.

    Leia também: Investigador da polícia é preso suspeito de roubar motorista da Uber

    O crime aconteceu em 11 de junho de 2014, depois que os policiais apreenderam os jovens no centro da cidade, por suspeita de furto, e os colocaram dentro de um carro da polícia. A apreensão foi capturada pela câmera interna da viatura policial. O GPS [Sistema de Posicionamento Global]do carro também confirmou o trajeto do carro entre o local da apreensão dos jovens e o local da execução.

    O desembargador João Ziraldo Maia, que relatou o processo na segunda instância do Tribunal de Justiça, também considerou o depoimento da vítima sobrevivente e os laudos periciais. Ele destacou que os policiais escolheram um local ermo para dificultar o encontro das vítimas depois da execução.

    Leia mais:

    STF pode dar nesta terça desfecho a uma primeira ação da Lava Jato

    Trio que matou pai e bebê é condenado a mais de 56 anos de prisão

    Testemunha acusa vereador e ex-PM pela morte de Marielle Franco, no RJ