Fonte: OpenWeather

    Com veneno


    Ameaças de 'Dr. Chumbinho' se confirmam: animais aparecem mortos

    Um dos moradores encontrou a cachorra de estimação morta na mesma rua onde o homem distribuiu bilhete com ameaças aos animais

    Os moradores relataram que o recado também foi deixado em casas que não possuem cachorros
    Os moradores relataram que o recado também foi deixado em casas que não possuem cachorros | Foto: Divulgação

    Brasil - Após um homem deixar bilhetes em residências ameaçando animais de estimação e se identificando como "Doutor Chumbinho", dois cachorros morreram. A suspeita é de que as mortes foram ocasionadas por envenenamento. O caso ocorreu no bairro Jardim Prestes de Barros, em Sorocaba.

    O local é o mesmo onde uma pessoa deu o prazo de cinco dias para que os donos dos animais se livrassem deles ou "resolveria o problema".

    Um dos moradores encontrou a cachorra de estimação morta. Segundo ele, o animal estava inchado e não suspeitou que o animal havia sido envenenado, até conversar com uma vizinha. Ela contou que também recebeu o bilhete ameaçador e teve o cachorro envenenado.

    Leia também: Casal é brutalmente assassinado no quintal de floricultura em Manaus

    Entenda o caso

    Uma pessoa que se identifica como "Doutor Chumbinho" em um bilhete distribuído em várias residências, ameaçou matar vários animais de estimação. Na mensagem escrita no bilhete, a pessoa ordenou que os moradores se livrassem dos cachorros em cinco dias, caso contrário, ele iria agir.

    Os moradores relataram que o recado também foi deixado em casas que não possuem cachorros. De acordo com relatos, os bilhetes foram deixados na noite de sábado (2), deste mês. Os moradores estão preocupados, pois no quintal onde os cachorros circulam, crianças costumam brincar e podem acabar ingerindo algum tipo de veneno.

    Leia mais:

    Acidente de grandes proporções entre doze veículos deixa nove feridos

    Manaus registra quatro mortes violentas em menos de três horas

    Bombeiros encontram 6 corpos de criminosos na Praia Vermelha, no Rio