Fonte: OpenWeather

    Milagre


    Vídeo: bebê indígena enterrada viva passa bem e deve ir para abrigo

    A criança foi encontrada com vida depois de 6h enterrada. Ela estava com duas fraturas na cabeça e insuficiência respiratória. Para a equipe de resgate, trata-se de um milagre

    A criança estava com duas fraturas na cabeça e insuficiência respiratória | Foto: Divulgação

    ManausA bebê indígena, que foi encontrada com vida depois de passar 6h em baixo da terra, passa bem e deve ir para um abrigo enquanto não é decido quem ficará com a guarda da criança. O caso aconteceu em Canarana (a 838 km de Cuiabá).

    A pedido do Ministério Público do Mato Grosso, no momento, devem ser realizadas diligências para averiguar quem estará apto a ficar com a criança. 

    A recém-nascida estava internada desde o dia 6 de junho na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal da Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá e nesta segunda-feira (9), recebeu alta.

    Leia também: Policiais salvam recém-nascida enterrada viva por avó, veja resgate

    A bebê, que é da etnia Kamayurá e nasceu no Parque do Xingú, foi resgatada com vida por policiais depois de receberem uma denúncia sobre um bebê, que havia nascido morto e teria sido enterrado no quintal de uma casa. Ao começar as escavações, um dos policiais ouviu um gemido e constatou que a criança ainda estava viva. A criança estava com duas fraturas na cabeça e insuficiência respiratória. Para a equipe de resgate, trata-se de um milagre.

    Veja vídeo do momento em que a criança foi resgatada:

    Canal de vídeos do PORTAL E TV EM TEMPO - SBT Manaus Mais notícias 24h por dia em: http://www.emtempo.com.br | Autor: Em Tempo

    A mãe da recém-nascida é uma adolescente de 15 anos e o pai um índio maior de idade. Segundo investigações, a bebê foi enterrada viva pela bisavó e avó, porque não aceitavam o fato da criança ser filha de mãe solteira e do pai pertencer a outra etnia.

    A avó e bisavó foram presas, mas alegam ter enterrado a menina por acreditar que ela estivesse morta. Já o pai da criança, afirmou em depoimento, que não sabia sobre gravidez e que foi através da mídia que teve conhecimento. O pai mostrou interesse na guarda da criança.

    Leia mais: 

    Policial militar tem arma roubada durante assalto em Manaus

    Homem é preso e adolescente é apreendido com armas caseiras e drogas

    Pai de jovem carbonizado em Borba recebe ameaças de morte