Fonte: OpenWeather

    Coronavírus


    Marido de Alessandra Scatena morre vítima de complicações da covid-19

    Rogéio Gherbali estava internado em um hospital da Grande São Paulo há mais de um mês

    O empresário já estava internado há pouco mais de um mês
    O empresário já estava internado há pouco mais de um mês | Foto: Divulgação

    Rogério Gherbali, marido de Alessandra Scatena, morreu na madrugada desta sexta-feira (31) vítima da Covid-19. O empresário já estava internado há pouco mais de um mês em um hospital de São Caetano do Sul, no Grande ABC.

    "Ontem mesmo eu falei com ela por telefone e a Alessandra estava super esperançosa com a recuperação dele, tanto que ontem ele teve uma melhora em seu estado clínico. Ainda não temos mais nenhuma informação extra", informou a assessoria.

    Por conta do risco de contágio do coronavírus, a assessoria explicou que não haverá velório, mas um grupo de amigos de Rogério está se organizando para se reunir em frente à funerária na manhã desta sexta-feira, para fazer uma oração de despedida e seguir com um cortejo até a porta de um cemitério em Mauá, onde será cremado.

    "Queridos, não vamos poder ter uma despedida da forma que o Rogério merece, porém sairemos às 11h30 da ABCEL, na Avenida Kennedy, 625, onde faremos uma oração de despedida. Quem quiser poderá seguir o cortejo até a porta do cemitério em Mauá", dizia o comunicado.

    Alessandra e Rogério são pais de Enrico, de 16 anos, e Estéfano, de 9, e estavam casados há 23 anos. 

    Tragédia recente

    Ela ficou conhecida na década de 1990 quando foi assistente de palco do apresentador Gugu Liberato. Em dezembro, quando ele morreu em um acidente doméstico, em Orlando, nos Estados Unidos, Alessandra fez uma homenagem ao eterno amigo. 

    "Por mais que o meu coração esteja dilacerado, vou aqui tentar me expressar: esses 12 anos que fiquei ao seu lado foram especiais e de grande aprendizado para mim. Tivemos momentos de alegrias e tristezas. Nos divertíamos muito, parecíamos duas crianças. Aliás até 'picuinhas' fazíamos um para o outro. Você confiava em mim e eu em você. Quando você entrava no palco, ao te olhar já sabia se você estava bem ou não", falou.

    Leia mais: 

    Lábrea, no AM, prorroga toque de recolher e cidadãos relatam descaso

    Parintins é o primeiro em testagem por 1 mil habitantes no País

    Parintins busca sair da lista das 5 cidades com mais casos de Covid-19