Fonte: OpenWeather

    Cotidiano


    Homem de 101 anos é resgatado no Nepal

    Um homem de 101 anos foi resgatado dos escombros de sua casa, sete dias depois do terremoto - foto: Divulgação
    Um homem de 101 anos foi resgatado dos escombros de sua casa, sete dias depois do terremoto - foto: Divulgação

    Um homem de 101 anos foi resgatado dos escombros de sua casa ontem (2) no Nepal, sete dias depois do terremoto. De acordo com a polícia local, o homem foi hospitalizado. O resgate ocorreu após as autoridades do país considerarem não ser mais possível encontrar sobreviventes entre os escombros.

    A contagem de vítimas do terremoto, que atingiu o país no dia 25 de abril, ultrapassa 7 mil mortos e 14 mil feridos. Segundo o ministro das Finanças do país, Ram Sharan Mahat, o balanço final de fatalidades será “muito maior”.

    “Há aldeias que não temos sido capazes de alcançar, mas até onde sabemos todas as casas foram destruídas. As réplicas [do terremoto] são infinitas e nós acreditamos que o número final de mortos será muito maior”, disse Mahat.

    O terremoto registrado foi o pior dos últimos 80 anos. Deixou 2,8 milhões de nepaleses desabrigados, representando 10% da população de 28 milhões de habitantes, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU).

    A estimativa da entidade é que sejam necessários US$ 415 milhões para ajuda de emergência ao país nos próximos dois meses. Já foram recebidos pouco mais de US$ 22 milhões. O primeiro-ministro nepalês, Sushil Koirala, disse que a crise humana que se seguiu ao terremoto pode piorar consideravelmente se as vítimas não recebem a ajuda de que necessitam antes da chegada das chuvas de monção, que normalmente começam em junho.

    Por Agência Brasil