Fonte: OpenWeather

    Cotidiano


    Polícia da Virgínia confirma morte do homem que matou dois jornalistas

    Uma jornalista e um cinegrafista foram mortos quando a matéria estava no ar - foto: reprodução
    Uma jornalista e um cinegrafista foram mortos quando a matéria estava no ar - foto: reprodução

    O homem que matou hoje (26) dois jornalistas de televisão nos Estados Unidos, durante uma transmissão ao vivo, também morreu, segundo informações da polícia do estado norte-americano da Virgínia.

    Vester Lee Flanigan, antigo repórter da emissora, estava em estado crítico,  após atirar em si mesmo durante a perseguição policial. Também conhecido como 'Bryce Williams', Vester Flanigan morreu em um hospital de Virgínia.

    Os dois jornalistas do canal WDBJ7 foram mortos hoje de manhã, durante uma transmissão ao vivo, enquanto entrevistavam a diretora de uma Câmara de Comércio regional, que também foi atingida nas costas e submetida a uma cirurgia de emergência, permanecendo em situação “estável”.

    A WDBJ7 opera a partir da cidade de Roanoke, no estado de Virgínia, a cerca de 385 quilômetros a sudoeste da capital, Washington.

    Por Agência Brasil

    Mais lidas

    1. Número de mortos de atentado duplo na Somália chega a 300

    2. Temer condena ataque terrorista na Somália

    3. Incêndios voltam a atingir Portugal e Espanha e deixam 36 mortos

    4. Trump é intimado a mostrar documentos sobre acusação de assédio sexual

    5. Papa Francisco anuncia sínodo dedicado à Amazônia