Fonte: OpenWeather

    Cotidiano


    França vai "intensificar" luta contra Estado Islâmico na Síria e no Iraque

    O presidente francês, François Hollande, ordenou a "intensificação" dos ataques contra o grupo extremista Estado Islâmico na Síria e no Iraque, numa decisão que surge seis dias após os atentados da organização jihadista ter morto 129 pessoas em Paris.

    Em um comunicado da Presidência, o chefe de Estado "deu as instruções necessárias à intensificação das operações militares em curso para lutar contra o Daesh [acrónimo árabe que designa o grupo Estado Islâmico] na Síria e no Iraque".

    Hoje (19), a França propôs ao Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) uma resolução com "todas as medidas necessárias" para combater o Estado Islâmico.

    O texto apela à comunidade internacional para que "redobre os seus esforços e a coordenação dos mesmos" no sentido de prevenir e impedir os atos terroristas cometidos pelo Estado Islâmico e por outras organizações terroristas associadas à Al Qaeda.

    A resolução refere-se a medidas tomadas "no território sob o controle do Estado Islâmico na Síria e no Iraque" e em conformidade com as leis internacionais.

    Por Agência Brasil

    Mais lidas

    1. Número de mortos de atentado duplo na Somália chega a 300

    2. Temer condena ataque terrorista na Somália

    3. Incêndios voltam a atingir Portugal e Espanha e deixam 36 mortos

    4. Trump é intimado a mostrar documentos sobre acusação de assédio sexual

    5. Papa Francisco anuncia sínodo dedicado à Amazônia