Fonte: OpenWeather

    Cotidiano


    Sexto suspeito de atentado em Paris é detido em Bruxelas para interrogatório

    Dois outros indivíduos, detidos na quinta-feira em Verviers (Leste da Bélgica) durante buscas, foram libertados, informou a nota - foto: reprodução
    Dois outros indivíduos, detidos na quinta-feira em Verviers (Leste da Bélgica) durante buscas, foram libertados, informou a nota - foto: reprodução

    O Ministério Público Federal belga acusou nesta sexta-feira  (27) um sexto suspeito de “atentados terroristas” e de “participação em atividades de um grupo terrorista”, no âmbito da investigação dos ataques de 13 de novembro em Paris.

    “Ontem [quinta-feira] uma pessoa foi detida em Bruxelas para interrogatório. O juiz de instrução manteve o suspeito sob custódia e acusou-o de atentados terroristas e de participação em atividades de um grupo terrorista”, indicaram as autoridades federais, em comunicado, sem darem detalhes sobre a identidade do suspeito ou a sua implicação no caso.

    Dois outros indivíduos, detidos na quinta-feira em Verviers (Leste da Bélgica) durante buscas, foram libertados, informou a nota.

    Desde o início da investigação dos atentados de 13 de novembro, cinco suspeitos já tinham sido acusados e colocados em detenção provisória pela Justiça belga, incluindo três homens suspeitos de terem ajudado Salah Abdeslam, suspeito ainda em fuga.

    Os atentados do dia 13 de novembro em Paris, reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico, provocaram 130 mortos e cerca de 350 feridos.

    Por Agência Brasil

    Mais lidas

    1. Amazonas Em Tempo: 30 anos de comunicação em evolução

    2. Número de mortos de atentado duplo na Somália chega a 300

    3. Temer condena ataque terrorista na Somália

    4. Incêndios voltam a atingir Portugal e Espanha e deixam 36 mortos

    5. Trump é intimado a mostrar documentos sobre acusação de assédio sexual