Fonte: OpenWeather

    Cotidiano


    Síria: EUA enviam mais 250 soldados para apoiar luta contra Estado Islâmico

    O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou hoje (25) o envio de mais 250 soldados norte-americanos para a Síria, para apoiar a luta contra o Estado Islâmico. "Aprovei o envio adicional de 250 militares norte-americanos, nomeadamente forças especiais, para a Síria", declarou Obama, em Hanôver, na Alemanha.

    Obama esclareceu que as tropas vão treinar e dar assistência "às forças locais" que lutam contra o grupo extremista islâmico.

    Ontem (24), o presidente norte-americano rejeitou a possibilidade de se criar uma zona de segurança no Norte da Síria por “questões práticas”, pois isso implicaria invadir militarmente grande parte do país.

    O presidente norte-americano falava numa coletiva de imprensa, depois da reunião com a chanceler alemã, Angela Merkel, em Hanôver, em que abordou questões como o acordo comercial entre os Estados Unidos e a União Europeia, a situação na Síria e na Líbia, o conflito na Ucrânia, as divergências com a Rússia e a crise dos refugiados.

    Barack Obama destacou que a sua rejeição não tem a ver com uma “objeção ideológica”, mas sim com uma mera “questão prática”, explicando que é muito complexo estabelecer uma zona de segurança com êxito, pois será preciso destacar um grande número de tropas em terra, controlar movimentos e estabelecer pontos de controle.

    Por Agência Brasil

    Mais lidas

    1. Número de mortos de atentado duplo na Somália chega a 300

    2. Temer condena ataque terrorista na Somália

    3. Incêndios voltam a atingir Portugal e Espanha e deixam 36 mortos

    4. Trump é intimado a mostrar documentos sobre acusação de assédio sexual

    5. Papa Francisco anuncia sínodo dedicado à Amazônia