Fonte: OpenWeather

    Cotidiano


    Imprensa diz que Sanders ganhou no Oregon; pelos republicanos, Trump tem maioria

    O senador norte-americano Bernie Sanders conseguiu nessa terça-feira (17) derrotar Hillary Clinton nas primárias do Partido Democrata no estado de Oregon. Vários canais de televisão dos Estados Unidos deram Sanders como vencedor, com 53% dos votos.

    Também ontem, a campanha de Hillary Clinton anunciou vitória nas primárias do Kentucky, onde a ex-secretária de Estado e Sanders estão virtualmente empatados, não havendo ainda resultados oficiais.

    A secretária de Estado do Kentucky, a democrata Alison Lundergan Grimes, responsável pela organização e supervisão dos eventos eleitorais, declarou Clinton “vencedora não oficial” da votação, numa intervenção na CNN.

    “Creio que, tendo em conta o que estamos a observar, o Kentucky permanecerá uma coluna vencedora para os Clinton. Hillary Clinton é a vencedora não oficial”, disse Lundergan.

    Nas primárias são eleitos delegados à convenção nacional do Partido Democrata, em que será nomeado o candidato do partido nas eleições presidenciais de novembro.

    Clinton lidera a corrida e é a favorita à nomeação democrata.

    O único pré-candidato que se mantém nas primárias do Partido Republicano dos Estados Unidos, Donald Trump, venceu a votação dessa terça-feira no estado do Oregon, segundo projeções dos meios de comuncação social.

    Vencer no Oregon significa que o multimilionário fica com a maioria dos 28 delegados no estado, aproximando-se mais dos 1.237 de que precisa para conseguir oficialmente a nomeação, algo que só poderá ocorrer depois de 7 de junho, dia em que votam os populosos estados da Califórnia e de Nova Jersey.

    Esta foi a terceira vitória de Trump em primárias depois da retirada dos seus últimos dois rivais, Ted Cruz e John Kasich, após vencer na semana passada, sozinho na corrida, na Virgínia Ocidental e em Nebrasca.

    Apesar de Trump ser agora o único candidato republicano nas primárias, os eleitores podem continuar a votar nos nomes que abandonaram a corrida.


    Texto alterado para correção no título da matéria. Segundo os meios de comunicação, Hillary perdeu no Oregan e venceu no estado do Kentucky.

    Por Agência Brasil