Fonte: OpenWeather

    Cotidiano


    Presidente do BC sinaliza alta de juros nos próximos meses

    Após as declarações de Yellen, o dólar ganhou força em relação ao real - foto: divulgação
    Após as declarações de Janet Yellen, o dólar ganhou força em relação ao real - foto: divulgação

    O Federal Reserve (Fed, banco central americano) deve elevar os juros "nos próximos meses" se o crescimento econômico melhorar como esperado e se os empregos continuarem a ser gerados, disse a presidente do banco central dos Estados Unidos, Janet Yellen, nesta sexta-feira (27).

    "A economia continua melhorando... o crescimento parece estar melhorando", disse Yellen em declarações na Universidade Harvard, em Massachusetts. "Se ele continuar e se o mercado de trabalho continuar a melhorar, e eu espero que isso ocorra... nos próximos meses tal movimento (alta dos juros) será apropriado."

    A decisão poderia ser tomada na reunião do Fomc (Comitê de Política Monetária do Fed) dos dias 14 e 15 de junho ou no encontro dos dias 26 e 27 de julho. Após as declarações de Yellen, o dólar ganhou força em relação ao real, com operadores aumentando as apostas de que o Fed pode elevar os juros já em junho.

    Desde dezembro, quando o banco central americano elevou a taxa de juros pela primeira vez em nove anos -para a faixa entre 0,25% e 0,50%, o Fed tem adiado novos aumentos, por considerar que a economia americana não estava completamente fortalecida.

    Nesta sexta-feira, os Estados Unidos revisaram para cima o crescimento no primeiro trimestre, para 0,8%. Foi o resultado mais fraco desde o primeiro trimestre de 2015. A última revisão será divulgada em 28 de junho. O crescimento para o quarto trimestre de 2015 foi revisado para cima, para 1,4%.

    Por Folhapress