Fonte: OpenWeather

    Cotidiano


    Em vídeo, meninos sírios se abraçam após morte de irmão em ataque aéreo

    "Meu irmão se foi", grita, em árabe, um menino sírio aos prantos enquanto abraça outro garoto. O vídeo em que eles aparecem foi divulgado nesta quinta-feira (25) pelo grupo Aleppo Media Center, opositor do ditador sírio Bashar al-Assad.

    O irmão em questão é uma das 11 crianças mortas após um ataque com barris explosivos lançados por helicópteros do regime de Assad no bairro rebelde de Bab al-Nayrab, no sul de Aleppo.

    Além das 11 crianças, quatro mulheres morreram, de acordo com a ONG Observatório Sírio de Direitos Humanos. "Duas mulheres e seis crianças eram da mesma família", afirmou o observatório, baseado no Reino Unido.

    Ainda segundo o órgão, bombardeios rebeldes em bairros do regime deixaram oito mortos, incluindo duas crianças.

    Omran

    Na semana passada, gerou comoção internacional a imagem do menino sírio Omran Daqneesh, 5, sentado em uma ambulância.

    Ele também havia sido vítima de um ataque aéreo em Aleppo. O bombardeio ocorreu em um bairro controlado pelos rebeldes opositores de Assad, em meio à guerra civil que consome o país há cinco anos.

    Seu irmão mais velho, Ali Daqneesh, 10, ferido no mesmo ataque, morreu dias depois, após sofrer uma hemorragia interna.

    Por Folhapress

    Mais lidas

    1. Sanduíches com tamanhos e sabores diferenciados

    2. Ação itinerante da Prefeitura de Manaus atende mais de 5 mil pessoas no Novo Aleixo

    3. Amazonas Em Tempo: 30 anos de comunicação em evolução

    4. Número de mortos de atentado duplo na Somália chega a 300

    5. Temer condena ataque terrorista na Somália