Fonte: OpenWeather

    Cotidiano


    Equipes já resgataram 29 corpos de vítimas do acidente aéreo em Mianmar

      108 passageiros, entre militares e familiares, e 14 membros da tripulação viajavam no avião - Divulgação

    Pelo menos 29 corpos foram recuperados, nesta quinta-feira (8), pelas equipes de resgate em águas próximas a Dawei, no Sudeste de Mianmar, onde um avião militar caiu ontem (7) no mar, com 122 pessoas a bordo.

    Os corpos de um homem, 20 mulheres e oito crianças foram transportados em uma embarcação da Marinha que participa da missão, junto com partes da aeronave.

    Os destroços do aparelho e os corpos foram achados 22 quilômetros a oeste de Kyauk Nimak, onde continuam as buscas pela parte principal do avião, de acordo com o Escritório Central do Exército, que atualiza as notícias pelo facebook. O gabinete do presidente manifestou, em nota, condolências aos parentes e amigos das vítimas. A informação é da Agência EFE.

    O avião, modelo Y-8F-200 de fabricação chinesa, partiu ontem de Myeik e seguia para Rangum, a maior cidade do país. Ele desapareceu do radar depois de percorrer aproximadamente 100 quilômetros, quando estava perto de Dawei.

    De acordo com a nota oficial mais recente, 108 passageiros, entre militares e familiares, e 14 membros da tripulação viajavam no avião. O Y-8F-200 foi entregue às Forças Armadas em março do ano passado e tinha 809 horas de voo.

    Pelo menos nove barcos da Marinha e três aviões participam dos trabalhos de busca, bem como um número não informado de barcos pesqueiros.

    Agência Brasil
    com informações da Agência EFE

    Mais lidas

    1. Número de mortos de atentado duplo na Somália chega a 300

    2. Temer condena ataque terrorista na Somália

    3. Incêndios voltam a atingir Portugal e Espanha e deixam 36 mortos

    4. Trump é intimado a mostrar documentos sobre acusação de assédio sexual

    5. Papa Francisco anuncia sínodo dedicado à Amazônia