Fonte: OpenWeather

    Jambú


    Dia da Cachaça: confira locais para degustar a bebida no Amazonas

    Clientes da Cachaçaria do Dedé poderão saborear os diversos rótulos de cachaças nas unidades do Parque 10 e shoppings Amazonas, Manauara e Ponta Negra

    Os visitantes terão a oportunidade de conhecer e saborear os diversos rótulos de cachaças que estão disponíveis nas vitrines das unidades do bar em Manaus | Foto: Divulgação

    ManausCom o objetivo de homenagear a típica bebida brasileira, a Cachaça, nesta sexta-feira (13), data em que se comemora o Dia Nacional da Cachaça, a rede de lojas da Cachaçaria do Dedé, em Manaus, realiza a degustação de cachaças, que acontece em todas as unidades.

    Os clientes que terão a oportunidade de conhecer e saborear os diversos rótulos de cachaças que estão disponíveis nas vitrines das unidades do Parque 10 e shoppings Amazonas, Manauara e Ponta Negra.

    A forte admiração pela bebida e a finalidade de deixar uma marca registrada com os ingredientes da Amazônia foram fonte de admiração do chef André Parente, mais conhecido como “Dedé”, que lançou a Jambucana, uma cachaça especial desenvolvida e lançada por ele, em 2015, e que tem conquistado o paladar do público no cenário nacional e internacional.

    Cachaça de Jambu

    De acordo com o sócio proprietário da Cachaçaria do Dedé, Rogério Perdiz, o projeto da Jambucana, que começou a ser vislumbrado em 2014, foi uma idealização em função de querer ter um produto unindo a Amazônia com Minas Gerais, reconhecida pela diversidade das cachaças artesanais e de qualidade.

    “Sempre tivemos rótulos de diversas regiões do Brasil, sendo os grandes polos produtores Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Nordeste. Com isso veio a inquietação de termos um produto com algum ingrediente amazônico. Começamos a pensar em vários ingredientes e uma das ideias foi utilizar o jambu, uma erva amazônica, muito utilizada na culinária”, explica Rogério.

    O jambu se tornou matéria-prima utilizada na produção de bebida alcoólica, sendo aproveitada toda a planta: raiz, talos e folhas na mistura da aguardente e no melaço de cana de açúcar em seu processo de fabricação. 

    *Com informações da assessoria