Fonte: OpenWeather

    Gastronomia


    Evento reúne o melhor da Culinária indígena neste domingo, em Manaus

    A terceira edição do "Dia de Deliciosas Culinárias Indígenas" conta com um diverso cardápio de pratos típicos de 10 etnias

    O evento conta diferentes pratos típicos | Foto: Divulgação

    Manaus - Voltado a apresentar a cultura dos povos indígenas do Alto Rio Negro, noroeste do estado do Amazonas, a terceira edição do “Dia de Deliciosas Culinárias Indígenas” acontece neste domingo (20), a partir das 9h, seguindo até às 17h, na sede da Associação de Mulheres Indígenas do Alto Rio Negro (Amarn), localizada na rua V, 156, conjunto Villar Câmara, bairro Aleixo, Zona Centro-Sul de Manaus. A entrada é gratuita.

    Segundo a presidente da Amarn, Clarice Tukano, conhecida como “Duhigó”, a terceira edição conta com um diverso cardápio de pratos típicos de 10 povos indígenas. Além disso, o evento terá exposição de artesanatos e apresentações de danças oriundas de cada etnia pertencente à associação.

    “Nesta edição estaremos comercializando pratos típicos como a quinhapira, mujeca, pupeca, beiju. Estaremos servindo bebidas típicas como o açaí e o caxiri, sendo este último servido gratuitamente. Por meio dessas exposições, estamos fortalecendo a presença da nossa culinária, do nosso artesanato e das nossas danças”, comentou a presidente.

    O público poderá provar diversos gostos
    O público poderá provar diversos gostos | Foto: Divulgação

    A novidade deste ano é que a terceira edição foi realizada em parceria com outras organizações, como, por exemplo, o “Bahserikowi’i” - Centro de Medicina Indígena da Amazônia, coordenada pelo antropólogo João Paulo Barreto, em que farão a exposição de medicamentos tradicionais de diversos povos indígenas no evento.

    Povos Indígenas no Alto Rio Negro

    Conforme último censo demográfico realizado em 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Estado do Amazonas mais de 135 mil residem em terras indígenas. A região do Alto Rio Negro comporta apenas 11%, totalizando 15.313 indígenas.

    Segundo levantamento realizado pelo Instituto Socioambiental no Brasil (ISA), na pesquisa que procurava catalogar os povos indígenas no país, as etnias do Alto Rio Negro estão localizadas, principalmente, na fronteira entre Brasil e Colômbia, e habitam a região há pelo menos 2 mil anos. Os principais idiomas falados são: Aruak, Maku e Tukano. 

    Também terá feirinha de artesanato
    Também terá feirinha de artesanato | Foto: Divulgação

    Valorização das culturas indígenas

    A associação, que existe desde 1987, atualmente, é composta por aproximadamente 70 mulheres indígenas de 10 entias: Arapáso, Desána, Karapanã, Wanana, Siriano, Tukano, Tuyúca, Yurutí, Piratapuya e Mirititapuia. 

    Como a associação é autônoma e independente, Clarice ressalta que o evento tem a finalidade de fomentar a requisição de recursos para os mantimentos da própria Amarn.

    "Esse evento vai nos ajudar a captar recursos para nos mantermos, como também, ao mesmo tempo, valorizar a nossa cultura. Visibilizar a cultura indígena dos povos indígenas dentro do contexto urbano", ressaltou Clarice.

    Serviço

    O que: Dia de Deliciosas Culinárias Indígenas

    Quando: Domingo (20)

    Horário: Das 9h às 17h.

    Local: Sede da Associação de Mulheres Indígenas do Alto Rio Negro (Amarn), localizada na rua V, 156, conjunto Villar Câmara, bairro Aleixo, Zona Centro-Sul de Manaus.

    Acesso: Gratuito.

    Preços dos pratos típicos: A partir de R$ 20