Fonte: OpenWeather

    música


    Beyoncé faz show histórico como atração principal do Coachella

    Especialistas, fãs e admiradores do mundo inteiro encheram as redes sociais com elogios ao show que denominaram de 'épico'

    | Foto: Divulgação

    Rio de Janeiro - O show da volta da cantora Beyoncé aos palcos, no sábado (14), depois de um período em que passou cuidando dos filhos gêmeos Rumi e Sir (nascidos em julho), mobilizou o festival Coachella, na cidade de Indio, na Califórnia. Primeira mulher negra a ser escolhida como atração principal de uma noite do Coachella, ela cantou músicas de seu mais recente àlbum, "Lemonade" (2016), num eletrizante show de duas horas, cheio de surpresas.

    Além do marido (o rapper Jay Z) e a irmã, Solange, também subiram com ela ao palco Michelle Williams e Kelly Rowland, suas companheiras do grupo Destiny's Child. A última vez que as três se apresentaram juntas foi em 2015, no Stellar Awards 2015, onde cantaram "Say yes". No Coachella, o trio foi mais generoso: interpretou "Say my name", "Soldier" e "Lose my breath".

    O trio interpretou "Say my name", "Soldier" e "Lose my breath".
    O trio interpretou "Say my name", "Soldier" e "Lose my breath". | Foto: Divulgação

    Leia também: Beyoncé anuncia que fará mais uma turnê ao lado do marido Jay-Z

    Vestida como uma espécie de Cleópatra dos tempos modernos, Beyoncé entrou em cena com seus dançarinos e começou o show com o antigo sucesso "Crazy in love". Em "Drunk in love", ela homenageou a cantora e compositora Nina Simone, fazendo uma interpretação de sua "Lilac wine". Já em "Don't hurt yourself", ela incluiu trecho de um discurso do líder negro Malcolm X.

    A cantora deveria ter sido a atração principal da edição do ano passado do Coachella, mas cancelou o show por ordens médicas porque ela estava grávida dos gêmeos na época. Lady Gaga entrou como substituta. Os fãs de Beyoncé, conhecidos coletivamente como BeeHive, esperaram para ver seu show desde a festa do Grammy do ano passado. Pouco antes da apresentação de sábado, a cantora disse que mal podia esperar para ver seus fãs e postou no Instagram uma foto nos bastidores do festival.

    "Estou muito animada para ver o BeyHive hoje à noite no Coachella. Temos trabalhado duro e ter um show especial planejado para vocês, por isso, estejam seguros e mantenham-se hidratados. Precisamos de sua energia", escreveu ela no Facebook. Beyoncé e Jay-Z vão começar sua turnê conjunta no meio do ano.

    Uma Cleópatra dos tempos modernos.
    Uma Cleópatra dos tempos modernos. | Foto: Divulgação

    A cantora deveria ter aiso a atração principal da edição do ano passado do Coachella, mas cancelou o show por ordens médicas porque ela estava grávida dos gêmeos na época. Lady Gaga entrou como substituta. Os fãs de Beyoncé, conhecidos coletivamente como BeeHive, esperaram para ver seu show desde a festa do Grammy do ano passado. Pouco antes da apresentação de sábado, a cantora disse que mal podia esperar para ver seus fãs e postou no Instagram uma foto nos bastidores do festival.

    "Estou muito animada para ver o BeyHive hoje à noite no Coachella. Temos trabalhado duro e ter um show especial planejado para vocês, por isso, estejam seguros e mantenham-se hidratados. Precisamos de sua energia", escreveu ela no Facebook. Beyoncé e Jay-Z vão começar sua turnê conjunta no meio do ano.

    Leia mais:

    Império do queijo e Kalena Café comemoram o dia do café em Manaus

    Após 43 horas prova do BBB acaba e Ana Clara e Kaysar empatam

    Vai um cafezinho? Saiba mais sobre a bebida no Dia Nacional do Café