Fonte: OpenWeather

    Cultura


    Espetáculo ‘O Pequeno Príncipe’ chega a Manaus

    Companhia Trilhares escalou seis atores para a aventura que entra em cartaz neste fim de semana- foto: divulgação
    Companhia Trilhares escalou seis atores para a aventura que entra em cartaz neste fim de semana- foto: divulgação

    Nos dias 7 e 8 de novembro, o Teatro Manauara será palco de estreia do espetáculo infantil, responsável por cativar os corações de milhares de crianças e adultos por todo o planeta. Trata-se da história ‘O Pequeno Príncipe’, que será apresentada pelos atores da Cia de Teatro Trilhares, em sessões às 17h. Os ingressos estão sendo vendidos no site www.ingresse.com.

    A Companhia de Teatro Trilhares entra em cena com a releitura da grande obra ‘O Pequeno Príncipe’ de Antoine de Saint-Exupéry, autor conhecido por ser ‘guiado pelas estrelas’, que alcançou a marca de 3º livro mais vendido no mundo. ‘O Pequeno Príncipe’ encanta pessoas de todas as idades, com seus ensinamentos inesquecíveis.

    A história narra as aventuras de um aviador que conhece um pequeno garoto viajante, que está desbravando novos planetas, com o desejo de voltar para uma encantadora rosa, que tanto o cativou.

    Os personagens como um rei mandão, um homem muito vaidoso, uma serpente, uma raposa e outras criaturas marcantes da obra, são figuras que prometem grandes reflexões, nesse espetáculo cheio de poesia.

    “Músicas, cenários marcantes, uso da luz negra, manipulação de formas animadas e o teatro de sombra, comunicam para o público a mais nova proposta da Companhia Trilhares, que é semear no público a percepção das diversas formas de ‘fazer teatro’, principalmente neste novo espetáculo de ‘O Pequeno Príncipe’, que estreará agora, completa Rafaela Margarido, produtora da peça.

    Com duração de uma hora, o espetáculo infantil ‘O Pequeno Príncipe’ conta no elenco com as participações de Viviane, Italo e Vitória Almeida, Clayson Chaves, Manuel Fagache e Diego Leonardo.

    A produção é de Rafaela Margarido, cenografia de Leo Margarido, preparação vocal e música de Juca Di Souza e direção geral de Manuel Fagache.