Fonte: OpenWeather

    Cultura


    Destaques da dança nacional no Modama

    Ronaldo Martins e Giovanna Lamboglia são bailarinos do Theatro Municipal do Rio – foto: Divulgação
    Em quase 20 anos de existência, pela primeira vez a Mostra de Dança de Manaus (Modama), um dos raros festivais independentes de dança no Amazonas, terá uma atração nacional: a dupla Ronaldo Martins e Giovanna Lamboglia, bailarinos do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. A 17ª edição começa nesta sexta-feira e segue até o dia 2 de junho no Serviço Social da Indústria (Sesi-AM). A entrada é gratuita.
    De acordo com a organizadora do Modama, Ana Mendes, até o último ano, a abertura do evento era feita por bailarinos amazonenses. Mas a partir deste ano, a ideia é criar uma estreia diferente, desenvolvida por profissionais nacionais. “Acreditamos que seria algo novo, nunca feito em nossas mostras. O Ronaldo vai coreografar alguns trechos de balé de repertório que serão desenvolvidos pela Giovanna. Não sei o tempo de duração de sua apresentação”, conta.
    Vencedora de vários festivais de dança pelo país, Giovanna Lamboglia traz no currículo a participação no “Helsinki”, festival na Finlândia, sendo uma das duas brasileiras  selecionadas  entre 100 bailarinas do mundo todo, a participação no  Youth America Grand Prix em Nova York, entre outros.  Atualmente, a bailarina natural do Ceará vem se destacando nas produções do Theatro Municipal Rio de Janeiro, em especial na temporada do clássico “O Quebra-nozes”.
    Além de coreografar a abertura da Modama, Ronaldo Martins também vem a Manaus para ministrar oficinas de balé clássico. Ele vai receber duas turmas, uma composta pelos bailarinos do Corpo de Dança do Amazonas (CDA) e outra, formada por 30 profissionais locais.
    A oficina, que deveria acontecer no mesmo perío­do da Modama, pode ser transferida para outra data, isso porque o bailarino está enfrentando dificuldades para ser liberado para vir à cidade. Ronaldo está em temporada com o espetáculo “Lago do Cisne”.
     
    As aulas devem acontecer nos horários de 9h às 10h30 e de 11h às 12h30, na sede do CDA, localizada no Teatro da Instalação. “Até o final desta semana teremos essa informação confirmada. Agora, não posso precisar a data. O local também está em fase de confirmação”, disse Ana Mendes.