Fonte: OpenWeather

    Cultura


    Oito danças folclóricas da categoria prata se apresentam nesta quarta-feira

    A disputa ocorre em 15 modalidades de danças diferentes - foto: divulgação
    A disputa ocorre em 15 modalidades de danças diferentes - foto: divulgação

    As disputas pela categoria prata do 60° Festival Folclórico do Amazonas continuam no Centro Social Urbano (CSU) do Parque Dez, Zona Centro-Sul. Na quarta-feira (10), mais oito grupos sobem ao palco. As apresentações da Categoria Prata se encerram no dia 14.

    O Festival começa, às 20h, com as agremiações de quadrilha tradicional ‘Olinda na Roça’ e ‘Pimentinhas na Roça’. Posteriormente, às 21h10, será a vez do grupo de dança nordestina ‘Cangaceiros do Juazero’, seguida da dança ‘Cacetinho Pida Djapá’.

    Segundo Précila Machado Soares, o grupo de dança nordestina “Cangaceiros do Juazeiro” surgiu em 1984, ficando inativo durante 20 anos e voltou em 2011 com 33 pares de integrantes. O enredo da apresentação será “Maria Bonita”, um dos maiores ícones nordestinos.

    “Há alguns anos estamos batendo na trave, mas este ano está muito especial e tenho certeza que vamos mais uma vez para a briga pelo primeiro lugar. Batalhamos muito para mostrar o nosso melhor com muita evolução, música autoral e muita dança”, afirmou Précila.

    Às 22h20, começa a apresentação da quadrilha de duelo americana “Rápidos no Gatilho”, a dança de rua “Geração 2000”, “Ciranda Independente da Compensa” e a quadrilha tradicional “Meu Reino na Roça”, finalizando as atividades da noite.

    Categoria Prata

    No total, 61 grupos pertencentes à categoria Prata do 60° Festival Folclórico do Amazonas se apresentam até o dia 14. A disputa ocorre em 15 modalidades de danças diferentes. O festival é realizado pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).