Fonte: OpenWeather

    Cultura


    Teatro da Instalação recebe recital Espião do Coração

    A apresentação é gratuita, e faz parte da programação do 20º Festival Amazonas de Ópera (FAO) - Divulgação

    O Teatro da Instalação recebe nesta segunda-feira (15), às 19h, o Recital Ambev III, intitulado “O Espião do Coração” que contará com o maestro e pianista Marcelo de Jesus, além do barítono Homero Velho. Serão interpretadas obras clássicas dos principais compositores franceses do século XX. A apresentação é gratuita, e faz parte da programação do 20º Festival Amazonas de Ópera (FAO).

    A apresentação é gratuita, e faz parte da programação do 20º Festival Amazonas de Ópera (FAO).

    O maestro Marcelo de Jesus, que dessa vez se apresentará como pianista, e o barítono Homero Velho prometem emoção em um grande espetáculo exclusivo, na interpretação de imponentes compositores franceses do século 20. Obras de Maurice Ravel (1875-1937), Gabriel Fauré (1845-1924), Samuel Barber (1910-1981) e Francis Poulenc (1899-1963) serão interpretadas como poesias cantadas, e nessa apresentação, os músicos transmitirão ao público os diversos sentimentos indagados pelos compositores através de seus versos.

     Marcelo de Jesus

    É pianista, maestro, regente titular da Orquestra de Câmara do Amazonas, maestro adjunto da Amazonas Filarmônica e diretor artístico adjunto do 20º Festival Amazonas de Ópera, sendo considerado merecidamente como um dos mais atuantes regentes brasileiros. No FAO, já atuou como diretor musical e regente de várias óperas, sendo a mais recente Medée, de Luigi Cherubini.

     
    Homero Velho

    Barítono e professor da Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), é um dos artistas mais requisitados da cena lírica nacional, já tendo participado de festivais líricos no Brasil e em outros países como Estados Unidos, Colômbia, Argentina e Áustria. Já participou de várias edições do Festival Amazonas de Ópera, e nesta edição, participa da montagem da ópera Tannhäuser, de Richard Wagner, e ministrou o workshop A Voz na Canção Erudita.
    Com informações da assessoria