Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    CRB promove em Manaus ação contra exploração e tráfico de mulheres e crianças

    Uma equipe se apresentará no terminal 3, no bairro Cidade Nova, Zona Norte, por meio de uma intervenção dentro de caixas, simulando a venda de mulheres como mercadorias. - foto: Diego Janatã
    Uma equipe se apresentará no terminal 3, no bairro Cidade Nova, Zona Norte, por meio de uma intervenção dentro de caixas, simulando a venda de mulheres como mercadorias. - foto: Diego Janatã

    Uma ação de intervenção social organizada pela Rede Um Grito Pela Vida - Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) – Regional Manaus/Roraima, está programada para acontecer em três terminais de ônibus da cidade nesta terça-feira (23), das 17h às 19h, em comemoração ao Dia Internacional Contra a Exploração Sexual e Tráfico de Mulheres e Crianças.

    De acordo com informações da Rede Um Grito Pela Vida, um conjunto de jovens católicos apresentará uma coreografia no T1, localizado no Centro, Zona Sul. Outra equipe se apresentará no terminal 3, no bairro Cidade Nova, Zona Norte, por meio de uma intervenção dentro de caixas, simulando a venda de mulheres como mercadorias.

    Durante o mesmo horário, no T5, situado no bairro São José, Zona Leste, uma peça teatral será encenada com o objetivo de mostrar a problemática do tráfico de crianças e mulheres. Na Igreja Nossa Senhora Aparecida, localizada na rua Comendador Alexandre Amorim, no Centro da cidade, aproveitando os fiéis que comparecerão à missa e novena desta terça-feira, o padre também abordará o assunto.

    Em Manaus, de janeiro a julho de 2014, foram atendidas 83 pessoas vítimas de algum tipo de violência sexual pelo serviço de saúde, em sua maioria crianças menores de 15 anos.  A predominância dos casos está entre o sexo feminino, mas também há registros no sexo masculino.

    A ação é uma parceria entre a Secretaria de Justiça do Estado do Amazonas (Sejus), Secretaria Executiva de Políticas Para Mulheres (SEPM), Secretaria de Segurança Pública (Previne), Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e o Instituto de Crianças e Adolescentes Santo Antônio (Iacas).

    Norte

    No Brasil, a prática do tráfico de pessoas está presente em todas as regiões, no entanto é predominante na região Norte. O tráfico de pessoas é o terceiro negócio ilícito mais lucrativo do mundo, normalmente está ligado à exploração sexual. Esta prática é realizada a partir de falsas promessas de melhoria de vida, atingindo normalmente pessoas em situação de vulnerabilidade econômica e social, em sua maioria mulheres, adolescentes e crianças.

    Com informações da assessoria.