Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Polícia descarta ameaça de bomba em escola de Manaus; votação será retomada

    O esquadrão antibomba da Polícia Militar de Manaus descartou por volta das 14 horas deste domingo a existência de um artefato explosivo na Escola Cândido Honório, no bairro Alvorada, Zona Oeste. A votação será retomada por volta das 16h.

    No início da tarde, a informação de uma ameaça de bomba na unidade de ensino assustou eleitores e acabou interrompendo a votação nas 18 seções que funcionam no local, onde votam aproximadamente 5 mil eleitores.

    Segundo relatos, o suposto artefato foi encontrado no início da tarde por uma eleitora, dentro banheiro, próximo a uma das salas. Ela avisou a um policial militar sobre a suspeita e em seguida o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) foi acionado.

    A área teve de ser isolada e a escola evacuada, inclusive com a saída de mesários, os presidentes de mesa e os fiscais do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o que interrompeu o processo de votação na escola por cerca de 2 horas e meia.

    O trabalho de averiguação do objeto foi feito por homens do Grupamento de Manejo de Artefatos Explosivos (Marte). Segundo a Polícia Militar, trata-se apenas de uma garrafa pet com alguns fios, enrolada num papel de alumínio.

    Homens do Corpo de Bombeiros também estiveram no local para ajudar a controlar a situação.  O trânsito nas proximidades foi interditado.

    A Polícia Militar continua na escola acompanhada da juíza Mirza Telma, titular da 40ª Zona Eleitora.

    Com informações de Mairkon Castro ( EM TEMPO Online)