Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Jovem é esfaqueado ao reagir a assalto, a duas quadras do quartel da PM de Parintins

    Eder Costa levou uma facada ao atirar o celular em direção a um dos dois bandidos que o abordaram na volta para casa. Hospitalizado, ele já está fora de perigo – foto: divulgação
    Eder Costa levou uma facada ao atirar o celular em direção a um dos dois bandidos que o abordaram na volta para casa. Hospitalizado, ele já está fora de perigo – foto: divulgação

    O jovem Eder Costa, de idade não revelada, levou uma facada ao reagir a um assalto, ocorrido na tarde desta segunda (11), na estrada Odovaldo Novo, bairro Dejard Vieira, a apenas dois quarteirões do quartel da Polícia Militar, na Zona Oeste de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus).

    Conforme informações da polícia, Eder – que é filho de um comerciante local e uma pessoa muito identificada na sociedade local – retornava para casa, ao lado de sua esposa, de nome não informado, quando foi abordado por dois homens, identificados como Kenedy Alves Ferreira, 19, e Ronam da Silva Canavarro, 20.

    Eder reagiu ao assalto atirando o celular em direção a Kenedy, que revidou com uma facada a altura do peito por pouco não atingindo o coração.

    O jovem foi socorrido pela esposa, que caminhava um pouco atrás, e os assaltantes fugiram. A dupla foi presa horas depois, ainda em flagrante, pela Polícia Militar e confessou o crime e foi posteriormente encaminhada à Unidade Prisional de Parintins.

    Fora de perigo

    Eder foi operado às pressas no Hospital Jofre Cohem e já está fora de perigo. O inquérito policial está sendo presidido pelo delegado adjunto da Polícia Civil de Parintins, Humberto Vaqueiro.

    O subcomandante da PM local, capitão Pantoja, estranhou a ousadia dos assaltantes, já que o fato ocorreu nas proximidades do quartel do Batalhão Tupinambarana. “Cada vez mais, a bandidagem fica ousada em Parintins. (...) Os bandidos sequer recearam a passagem de uma viatura no local”, encerrou o militar.

    De Parintins, com informações de Tadeu de Souza (jornal EM TEMPO)