Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Justiça Itinerante divulga a programação do segundo semestre

    Manaus, 06/07/2015. Ônibus do programa Justiça Itinerante, do TJAM, atende no Quartel Do Comando Geral Da Polícia Militar Do Amazonas. Foto: Raphael Alves
    Manaus, 06/07/2015. Ônibus do programa Justiça Itinerante, do TJAM, atende no Quartel Do Comando Geral Da Polícia Militar Do Amazonas: foto- Raphael Alves

    A Justiça Itinerante divulgou a programação do segundo semestre deste ano e vai atuar, a partir desta segunda-feira (6), no Comando Geral da Polícia Militar, no bairro Petrópolis, em Manaus. O ônibus fica no local até o dia 24 deste mês. A presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Desembargadora Graça Figueiredo, incentiva o programa, que ajuda, principalmente, a desburocratizar causas de natureza consensual.

    No primeiro semestre deste ano, das 988 audiências marcadas, 734 foram realizadas. No ano passado, foram selados 1.090 acordos, movimentando cerca de R$ 1,85 milhão. "O planejamento no primeiro semestre foi positivo.

    Buscamos universalizar o atendimento e atender praticamente todas as zonas da cidade, facilitando o acesso dos cidadãos à Justiça Itinerante. Levamos o atendimento a algumas localidades que ainda não havíamos contemplado ainda. A ideia é reproduzir isso no segundo semestre", afirmou o juiz Alexandre Novaes, coordenador do projeto.

    Para este segundo semestre, a novidade é a parceria com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), que disponibilizou o apoio logístico e operacional para que a Justiça Itinerante possa atender onde houver unidades da Polícia Militar ou da Polícia Civil.

    "Conversei com o secretário Sérgio Fontes e tive o apoio também do Coronel Gouvêa, comandante da Polícia Militar, e do delegado-geral Orlando Amaral. Ao longo do segundo semestre, vamos atuar em unidades como a delegacia da mulher e a sede do Comando Geral", ressaltou Novaes.

    "Esta é uma iniciativa que está alinhada com a da Polícia Militar que é estar cada vez mais próxima da comunidade. Vamos incentivar e oferecer ao cidadão os serviços da Justiça dentro dos nossos quartéis. Como diz o nosso lema, isso é ser muito mais que polícia", completou o comandante geral da Polícia Militar, Gilberto Gouvêa.

    Na Justiça Itinerante, o cidadão poderá ajuizar ações no valor de até 20 salários mínimos, sem advogado, na área cível (para cobrança de dívidas, indenização por danos materiais e morais, questões de direito do consumidor, entre outras) e ações de natureza consensual na área de família, como pensão alimentícia, divórcio, guarda de filhos e reconhecimento voluntário de paternidade.

    As atividades são desenvolvidas com o auxílio de advogados voluntários, além de servidores do Tribunal.

    Novo número

    Um novo número de telefone foi disponibilizado para os atendimentos da Justiça Itinerante. Agora o contato pode ser feito através do (9) 9972-2202.

    Confira onde estará a justiça itinerante no segundo semestre de 2015

    06/07 a 24/07 – Comando Geral da Polícia Militar - Petrópolis

    27/07 a 31/07 – Praça da Polícia - Centro

    03/08 a 14/08 – Igreja Sagrado Coração de Maria – Ouro Verde

    17/08 a 28/08 – CPA Norte, antigo 6º Batalhão da PM - Mutirão

    31/08 a 11/09 – Unip – Bairro de Flores

    14/09 a 02/10 – Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher – Parque 10

    05/10 a 09/10 – Praça da Polícia - Centro

    13/10 a 29/10 – CMPM Waldocke Fricke de Lyra – Parque São Pedro

    03/11 a 13/11 – Parque Lagoa do Japiim – Japiim I

    16/11 a 27/11 – Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou – Santo Antônio

    30/11 a 18/12 – Praça da Polícia – Centro

    Horário de atendimento: 08h às 14h.

    Com informações da assessoria de comunicação

    Mais lidas

    1. Entenda como são feitas as buscas por vítimas de afogamento no Amazonas

    2. Procuradores repudiam ataques de defensor público no AM e divulgam nota

    3. Saiba como funciona a tarifa de esgoto em Manaus

    4. Aprovados no concurso do TJAM pedem nomeação e marcam protesto

    5. Evento internacional sobre reprodução de peixes será realizado em Manaus