Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Ipaam realiza fiscalizações no interior do Estado

    DSC00360 (1)

    O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), por meio da Gerência de Controle de Pesca, realizou, no período de 16 a 23 de julho, uma série de vistorias para Licenciamentos Ambientais de Piscicultura, Indústria de Beneficiamento de Pescado, Infraestrutura e Construção Civil, nos municípios de Tabatinga, Benjamin Constant, Atalaia do Norte e São Paulo de Olivença.

    O objetivo da ação foi atender às solicitações de renovação ou concessão de licenças ambientais, cadastros de aquicultura e monitoramento de atividades de aquicultura, indústria de beneficiamento do pescado, infraestrutura e construção civil. Além disso, a equipe também realizou procedimentos em áreas utilizadas como lixões.

    Em Atalaia do Norte e São Paulo de Olivença, o foco foram os levantamentos sobre Usinas Termoelétricas, e em Tabatinga, a ação foi direcionada para o Aeroporto Internacional, já que na área deve ocorrer supressão da vegetação para segurança das operações e atendimento de denúncias.

    “Foram oito dias de trabalho realizando vistorias em piscicultura, entreposto de pescado, aterro sanitário, lixões, usinas termelétricas, extração de seixo, hospital, unidade habitacional, aeroporto e orla da cidade. Nossas atividades abrangem todas as áreas as quais o Ipaam é responsável dentro do Estado”, disse o analista ambiental do órgão, André Gandra.

    Atividade – Ao todo foram vistoriados e notificados cinco processos de piscicultura e três frigoríficos. Com isso, nenhum dos processos foi liberado para o licenciamento ambiental.

    Além das vistorias, foram realizadas reuniões com os secretários de Meio Ambiente de Benjamin Constant, São Paulo de Olivença e Tabatinga, Jucicley Cavalcante Gomes, Olivença Leber Ramos de Mendonça e José Borges Cuesta, respectivamente.

    Os encontros também contaram com a presença dos gerentes das unidades locais do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam). Entre os temas debatidos estão a regularização ambiental dos pequenos piscicultores, criação de quelônios e Cadastro Ambiental Rural (CAR).

    Apoio – O Ipaam contou com a parceria das Prefeituras para realizar as ações. Em São Paulo de Olivença, o apoio nas fiscalizações foi do promotor de Justiça do Ministério Público do Estado do Amazonas, Sérgio Roberto Martins Verçosa.

    Com informações da assessoria de comunicação

    Mais lidas

    1. Entenda como são feitas as buscas por vítimas de afogamento no Amazonas

    2. Procuradores repudiam ataques de defensor público no AM e divulgam nota

    3. Saiba como funciona a tarifa de esgoto em Manaus

    4. Aprovados no concurso do TJAM pedem nomeação e marcam protesto

    5. Evento internacional sobre reprodução de peixes será realizado em Manaus