Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Presa dupla envolvida em homicídio de estudante, ocorrido em julho, no Novo Aleixo

    O mando de prisão da dupla foi cumprido na Comunidade Celebridade, bairro Novo Israel – foto: divulgação
    O mando de prisão da dupla foi cumprido na Comunidade Celebridade, bairro Novo Israel – foto: divulgação

    Antônio Maria da Silva Júnior, 27, conhecido como ‘Júnior’, e o ajudante de pedreiro Jandson dos Santos Soares, 18, vulgo ‘Deco’, foram apresentados na manhã desta quarta-feira (19), na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) como suspeitos da morte do estudante Joeliton da Silva Pessoa, 21.

    O crime aconteceu no dia 18 de julho, por volta das 6h, na rua Jesus de Nazaré, bairro Novo Aleixo, zona Norte.

    O mando de prisão da dupla foi cumprido na última sexta-feira (14), na Comunidade Celebridade, bairro Novo Israel, zona Norte de Manaus. Durante a ação dos policiais, um adolescente de 15 anos, irmão de ‘Deco’, foi apreendido.

    De acordo com o delegado titular da DEHS, Ivo Martins, Joeliton foi atraído ao local do delito por Antônio e o adolescente de 15 anos. Na ocasião, Jandson efetuou um disparo de arma de fogo na nuca da vítima, que veio a óbito ainda no lugar.

    “Uma dívida relacionada à comercialização de entorpecentes no valor de R$ 50 teria motivado o crime. Tanto a vítima quanto os autores tinham envolvimento com o tráfico de drogas naquela área da cidade”, informou Martins.

    A dupla foi indiciada por homicídio qualificado e, ao término dos procedimentos cabíveis, será levada para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irá permanecer à disposição da Justiça.

    O adolescente de 15 anos foi encaminhado à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

    O delegado Ivo Martins disse que este caso elucidado pelas equipes da DEHS é resultado das investigações sobre os 37 homicídios ocorridos entre os dias 17 e 19 de julho deste ano, na capital, após o latrocínio do sargento da Polícia Militar Afonso Camacho, que aconteceu na tarde do dia 17 de julho deste ano, no bairro Educandos, zona Sul de Manaus.

    Com informações da assessoria