Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Mototaxista é preso após estuprar jovem de 17 anos, na Zona Norte

    O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA) – foto: Arthur Castro
    O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA) – foto: Arthur Castro

    O mototaxista Manoel Henrique dos Santos Barros, 25, foi preso após estuprar uma jovem de 17 anos. O fato ocorreu na noite dessa quarta-feira (30), por volta das 22h30, na avenida Arquiteto José Henriques, bairro Colônia Terra Nova, Zona Norte de Manaus.

    A vítima relatou à polícia, que acertou uma corrida com Manoel, que estava vestido de mototáxi e que, durante o percurso, ele ofereceu a quantia de R$ 40 para manter relação sexual com ele. Porém, a menor recusou, dizendo que não era garota de programa. Em seguida, o homem conduziu a motocicleta até uma área de mata, onde começou a tirar a roupa dela e ometeu o ato sexual sem o consentimento da garota.

    Ainda em depoimento, a jovem falou que, após praticar o ato sexual, o homem fugiu em rumo ignorado. “Quando consegui sair do terreno vi uma viatura da Ronda Ostensiva Candido Mariano (Rocam). Fiz sinal para eles pararem e contei o que acontecido, dei as características do suspeito” , disse a menina.

    Os policias realizaram buscas e localizaram o suspeito próximo ao um posto de gasolina. Ele foi levado para a sede da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), onde a jovem o reconheceu como o autor do estupro.

    Manoel foi autuado por pelo crime exploração sexual. Após os procedimentos foi encaminhado a Cadeia Pública Desmembrador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da cidade.

    Por Mara Magalhães

    Mais lidas

    1. Entenda como são feitas as buscas por vítimas de afogamento no Amazonas

    2. Procuradores repudiam ataques de defensor público no AM e divulgam nota

    3. Saiba como funciona a tarifa de esgoto em Manaus

    4. Aprovados no concurso do TJAM pedem nomeação e marcam protesto

    5. Evento internacional sobre reprodução de peixes será realizado em Manaus