Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    No Santo Agostinho, homem é morto com quatro tiros

    Segundo os populares, o homem desceu do carro e em seguida, morto a tiros pelos os assassinos - foto: Josemar Antunes
    Segundo os populares, o homem desceu do carro e em seguida foi morto a tiros - foto: Josemar Antunes

    Um homem, não identificado até o momento desta publicação, foi encontrado morto, por volta das 23h45 desta quinta-feira (15), na Travessa 2, com a avenida Rio Negro, bairro Santo Agostinho, Zona Oeste de Manaus.

    Conforme testemunhas, o homem desceu de um veículo cor prata, placa não identificada, e logo em seguida foi alvejado com diversos tiros. A vítima morreu na hora e os assassinos fugiram também sem serem identificados.

    De acordo com o sargento Rildo Costa, a guarnição da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) realizava patrulhamento nas proximidades, quando foi acionada por um motorista de transporte coletivo, que faz linha para o bairro.

    “O motorista do ônibus nos informou que havia um corpo jogado na rua. Ao chegarmos, nossa equipe encontrou o homem morto e acionamos a perícia criminal”, relatou o sargento Rildo Costa.

    Durante os procedimentos de polícia, foram encontrados, no bolso da bermuda da vítima, 10 panfletos de mensagens religiosas, além de dois números de telefone.

    A vítima, segundo a perícia criminal do Instituto de Criminalística (IC), foi atingida com quatro tiros, sendo dois na cabeça, um nas costas e outro braço esquerdo, que tinha uma tatuagem com o nome de ‘Rafaela’.

    A polícia suspeita que o crime, com características de execução, tenha relação com o tráfico de drogas. A autoria segue desconhecida.

    O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML), onde ficará à disposição para o reconhecimento de familiares.

    A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o caso.

    Por Josemar Antunes