Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Prefeitura suspende liberação das alças da rotatória do Coroado para ajustes técnicos

    O projeto teve início em 11 de agosto e deveria durar dois meses - foto: divulgação/Semcom
    O projeto teve início em 11 de agosto e deveria durar dois meses - foto: divulgação/Semcom

    A prefeitura de Manaus suspendeu no início da manhã desta quarta-feira (21) a liberação das alças da rotatória do Coroado, que integra o Complexo Viário Gilberto Mestrinho, na Zona Leste de Manaus.

    A justificativa  para a suspensão foi a necessidade de ajustes técnicos e operacionais, segundo nota enviada ao EM TEMPO Online pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), porém, em entrevista a uma rádio local, o prefeito Arthur Neto esclareceu que não poderia autorizar a liberação sem que a obra tivesse rampas de acessibilidade.

    “É preferível fazer uma obra completa, para não entregar e depois ter que mexer de novo. Mas, sobretudo, eu quis passar um símbolo de respeito aos que precisam de acessibilidade”, argumentou o prefeito.

    Além disso, a obra também carece de melhor sinalização, para evitar transtornos aos motoristas que se utilizarão do equipamento para retorno nas avenidas General Rodrigo Otávio e Ephigênio Salles, que fazem confluência com a rotatória.

    O projeto teve início em 11 de agosto e deveria durar dois meses, no entanto, o prazo já foi extrapolado, por isso, a previsão da prefeitura é que as alças sejam liberadas tão logo esses ajustes técnicos sejam resolvidos, o que pode acontecer ainda nesta quarta.

    Com a obra, a prefeitura espera reduzir em 15% tráfego de veículos na rotatória durantes os horários de pico, quando mais de 12 mil carros por hora passam pelo local, segundo dados do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans).

    A circulação nas novas alças de retorno será permitida somente a veículos de pequeno porte. Outros mais pesados não poderão circular, tendo de contornar a rotatória.

    Por equipe EM TEMPO Online