Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    No Colônia Terra Nova, auxiliar de pedreiro é assassinado a tiros por desconhecidos

    ‘Baixinho’ chegou a invadir a casa de uma vizinha para escapar dos dois homens desconhecidos - foto: Josemar Antunes
    ‘Baixinho’ chegou a invadir a casa de uma vizinha para escapar dos dois homens desconhecidos - foto: Josemar Antunes

    Perseguido por dois homens, o auxiliar de pedreiro Joailson de Oliveira Lima, o ‘Baixinho’, 43, morreu com dois tiros na noite de domingo (15). O crime aconteceu por volta de 21h20, na rua Marajuara, bairro, Zona Leste de Manaus.

    Populares relataram que ‘Baixinho’ chegou a invadir a casa de uma vizinha para escapar dos dois homens desconhecidos. Ele teria entrado num dos quartos para se esconder, mas foi localizado e morto a tiros, sendo um no peito e outro no braço esquerdo.

    Uma moradora de 58 anos, que preferiu não se identificar, informou que, desde a tarde, ‘Baixinho’ estava arranjando confusão no bairro. Ele chegou inclusive a ameaçar a família do pastor de uma igreja evangélica.

    “O ‘Baixinho’ sempre estava envolvido em confusão com a vizinhança. Em uma dessas situações, ele prometeu de matar o meu filho’, frisou a doméstica e moradora do local há dois anos.

    A moradora informou também que ‘Baixinho’ era usuário de drogas e sempre tinha más companhias. Após o crime, os homens fugiram a pé sem serem identificados.

    Sônia Regina, 42, amiga de ‘Baixinho’, explicou que, no início da manhã, ele a procurou para informar que pretendia fazer um Boletim de Ocorrência (B.O.) no 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

    “Ele falou que iria fazer um B.O, mas não revelou qual seria o teor dessa ocorrência”, disse Sônia.

    O corpo do homem foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML). O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

    Por Josemar Antunes