Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Polícia apresenta homem envolvido na morte de vendedor ambulante, na Zona Leste

    O homem foi autuado por homicídio qualificado. Após os procedimentos cabíveis será encaminhado a Cadeia Pública - foto: Josemar Antunes
    O homem foi autuado por homicídio qualificado. Após os procedimentos cabíveis será encaminhado a Cadeia Pública - foto: Josemar Antunes

    Quase um ano depois, a Polícia Civil do Amazonas prendeu Arnalison Pinho de Moraes, 20, conhecido como ‘Arnaldinho’. Ele é suspeito de envolvimento no assassinato do vendedor ambulante Rayfran Uchôa dos Santos, 28, ocorrido no dia 18 de fevereiro de 2015, próximo a um bar localizado na rua Marcelo Santos, bairro Zumbi 2, Zona Leste de Manaus.

    O delegado Ivo Martins, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), informou que Arnalison foi preso na última sexta-feira (15) na casa da mãe dele, no bairro Antônio Aleixo, também na  Zona Leste, em cumprimento a mandado de prisão expedido pelo juiz da 3ª Vara do Tribunal do Júri, Mauro Moraes Antony.

    Conforme o delegado, outras duas pessoas participaram do crime, revelou Martins. Uma delas é Luana Mendonça Maciel e um adolescente de 17 anos conhecido como ‘Piu-piu’, que já estão presos.

    “No dia do crime, Arnalison estava com a Luana e o adolescente em um bar para onde foram comprar bebidas alcoólicas, quando perceberam a aproximação da vítima, que caminhou na direção deles, simulando que iria sacar um revolver da cintura” disse Ivo Martins.

    “No momento em que a vítima se aproximou do trio, Luana atingiu o rosto de Rayfran com uma garrafa de bebida, o que levou ele cair no chão”, disse Martins.

    “Em seguida, o adolescente cortou o pescoço da vítima com um gargalo de garrafa, enquanto Arnalison pegou um pedaço de madeira e bateu várias vezes na cabeça do rapaz, que n&atil de;o resistiu aos ferimentos e morreu no local”, narrou o delegado.

    Em depoimento o suspeito, disse ser inocente e afirma que quem matou Rayfran foi o adolescente. “Estou com a minha consciência tranquila, eu mantei ninguém, quem matou ele foi Piu-piu, ele que tem que vai pagar" disse Arnalison.

    O homem foi autuado por homicídio qualificado. Após os procedimentos cabíveis será encaminhado a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus.

    Por equipe EM TEMPO Online

    Com informações de Josemar Antunes