Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Recadastramento de táxi encerra com 97% de comparecimento dos permissionários

    Os taxistas que não fizeram o recadastro serão notificados a apresentarem justificativa pelo não comparecimento - foto: divulgação
    Os taxistas que não fizeram o recadastro serão notificados a apresentarem justificativa pelo não comparecimento - foto: divulgação

    Dos 3.742 permissionários pessoa físicas do serviço de táxi que foram convocados pela prefeitura de Manaus para fazer o recadastramento, 113 não compareceram à Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) para entregar a documentação exigida. O prazo encerrou nesta sexta-feira (5) com 97% dos taxistas recadastrados.

    Os taxistas que não fizeram o recadastro serão notificados a apresentarem justificativa pelo não comparecimento. Quem não fez o recadastramento poderá ter a permissão cassada, caso não apresente justificativa comprovada.

    A documentação entregue pelos permissionários que fizeram o recadastro será analisada nos próximos dias, para verificar se está de acordo com as exigências da legislação vigente que norteia o serviço.

    As permissões que forem canceladas após todo o processo de recadastro serão licitadas posteriormente pela prefeitura de Manaus.

    O recadastramento ocorreu nos dias úteis, no período de 11 de janeiro a 5 de fevereiro deste ano. De acordo com o edital de convocação publicado na edição de 21 de dezembro de 2015, no Diário Oficial do Município (DOM), os permissionário precisaram ir pessoalmente à sede da SMTU, localizada na rua Barão de Indaía, 330, Flores. Não foi aceito o recadastramento mediante a apresentação de procuração.

    Foi exigida a apresentação de cópia e original do Certificado de Registro Veicular (CRV), antigo DUT; Certificado de Registro e Licenciamento Veicular (CRLV); Carteira Nacional de Habilitação (CNH); comprovante de residência atualizado e com CEP válido; comprovante de inscrição no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) e Consulta RAIS (Relação Anual de Informações), por meio do NIT (Número de Identificação do Trabalhador).

    O recadastramento obedeceu um cronograma que obedeceu as sequências do TA (número da permissão).

    Com informações da assessoria de comunicação

    Mais lidas

    1. Entenda como são feitas as buscas por vítimas de afogamento no Amazonas

    2. Procuradores repudiam ataques de defensor público no AM e divulgam nota

    3. Saiba como funciona a tarifa de esgoto em Manaus

    4. Aprovados no concurso do TJAM pedem nomeação e marcam protesto

    5. Evento internacional sobre reprodução de peixes será realizado em Manaus