Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Casal que roubou mais de R$25 mil de joalheria no Centro é preso nesta terça

    O casal Leandro Mikail Cruz da Silva, 25, e Bruna Gabriela Faba de Oliveira, 20, foi preso suspeito de assaltarem uma joalheria - foto - Policia Civil
    O casal Leandro Mikail Cruz da Silva, 25, e Bruna Gabriela Faba de Oliveira, 20, foi preso suspeito de assaltarem uma joalheria - foto - Arthur Castro

    O casal Leandro Mikail Cruz da Silva, 25, e Bruna Gabriela Faba de Oliveira, 20, foi preso no início da manhã desta terça-feira (16),  por envolvimento no assalto a uma joalheria, em outubro do ano passado. Eles foram presos, por volta de 7h, em sua residência no Beco Posto 7, avenida Sete de Setembro, bairro Centro, Zona Sul de Manaus.

    De acordo com o diretor do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), delegado Rafael Allemand, a prisão da dupla foi resultado de um trabalho investigativo iniciado em outubro de 2015, logo após a ocorrência do crime de roubo a uma joalheria.

    O assalto

    O crime ocorreu no dia 30 de outubro de 2015, às 14h30. Bruna e Leandro dirigiram-se a uma joalheria localizada na avenida Eduardo Ribeiro, bairro Centro, Zona Sul da capital, se passando por clientes. Após entrarem no estabelecimento, renderam dois funcionários e um cliente com um revólver e exigiram que fossem entregues as joias que estavam no local.

    Na ocasião, eles foram bastante agressivos e chegaram a tentar atirar em uma funcionária, mas a arma falhou. Ao fugirem da joalheria, levaram um anel de diamantes, duas alianças e um pingente que, somados, totalizam um prejuízo de aproximadamente R$ 25 mil, em espécie.

    Leandro responde processos por roubo e tráfico de drogas.

    O  mandado de prisão foi expedido pelo juiz titular da 1ª Vara Criminal de Manaus, Luís Alberto Nascimento Albuquerque, no dia 17 de novembro de 2015.

    O casal foi autuado pelo crime de roubo majorado. Após os procedimentos legais, Leandro será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, e Bruna será conduzida ao Complexo de Detenção Provisória Feminino (CDPF), onde permanecerão à disposição da Justiça.

    Com informações da assessoria