Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Semana do Ouvidor encerra nesta quarta, com informações sobre a Lei de Acesso à Informação

    O evento foi planejado para informar o cidadão sobre os recursos que ele pode ter acesso como auxílio à solução de problemas – foto: divulgação
    O evento foi planejado para informar o cidadão sobre os recursos que ele pode ter acesso como auxílio à solução de problemas – foto: divulgação

    No último dia de atividades da Semana do Ouvidor, a Ouvidoria Geral do Estado realizará uma solenidade que contará com a participação de diversas ouvidorias das esferas municipal e estadual. Durante o evento, os participantes terão acesso a mais informações sobre a Lei de Acesso à Informação (LAI) e sobre o Sistema de Serviço ao Cidadão (E-Sic).

    O encontro acontece na manhã desta quarta-feira (16), no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)-Seccional Amazonas, localizado na avenida Umberto Calderaro (antiga Paraíba), ZonaCcentro-Sul.

    A solenidade encerra o terceiro dia de atividades, período em que as ouvidorias integrantes da Rede Amazonense de Ouvidorias Públicas (Rede Ouvir-AM), composta por representantes de órgãos como o Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), a OAB-AM, Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-AM), Secretaria do Estado de Educação (Seduc), entre outras, saíram às ruas para divulgar o trabalho desenvolvido por cada ouvidoria.

    Na segunda-feira (14), as abordagens aconteceram nas avenidas Boulevard Álvaro Maia e André Araújo (esquina com a avenida Paraíba), na Zona Centro-Sul; e nesta terça-feira (15), a mobilização aconteceu na Grande Circular, Zona Leste. Condutores e pedestres receberam panfletos e informações relacionados ao funcionamento das ouvidorias e, principalmente, sobre como ter acesso à Rede Ouvir-AM.

    Manifesto
    De acordo com a ouvidora geral do Estado, Zanele Teixeira, a Semana do Ouvidor foi planejada com a proposta de informar ao cidadão sobre os recursos que ele pode ter acesso como auxílio à solução de problemas, em caso de ocorrências. “Hoje, o cidadão pode registrar um manifesto, por meio de um sistema que conta com a integração de mais de 30 ouvidorias representantes das diferentes esferas. Isso é uma conquista para o cidadão, que terá sua situação atendida da melhor forma e pelo órgão competente”, frisou a ouvidora.

    Manifesto é o ato de tornar público, expor ou apresentar qualquer registro relacionado à sugestão, elogio, informação, solicitação, reclamação e denúncia. Esse manifesto pode ser oficializado pelo site www.ouvidoria.am.gov.br.

    Com informações da assessoria

    Mais lidas

    1. Entenda como são feitas as buscas por vítimas de afogamento no Amazonas

    2. Procuradores repudiam ataques de defensor público no AM e divulgam nota

    3. Saiba como funciona a tarifa de esgoto em Manaus

    4. Aprovados no concurso do TJAM pedem nomeação e marcam protesto

    5. Evento internacional sobre reprodução de peixes será realizado em Manaus