Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Após três dias desaparecida, menina é encontrada morta e enterrada, no Novo Aleixo

    A menina estava desaparecida desde do dia 10 desde mês - foto: divulgação
    A menina estava desaparecida desde do dia 10 desde mês - foto: divulgação

    Após passar três dias desaparecida, a pequena Jhuliane Souza da Silva, de apenas 7 anos, foi encontrada na madrugada desta segunda-feira (13), morta e enterrada em um terreno, localizado na frente da residência onde morava, no beco Jeri, bairro Novo Aleixo, na Zona Norte de Manaus.

    De acordo com a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o cadáver da criança foi encontrado por um cachorro que, possivelmente, foi atraído pelo forte odor e começou a escavar. Em seguida o corpo de Jhuliane foi encontrado.

    Ainda conforme a DEHS, o laudo preliminar do Instituto Médico Legal (IML) constatou que a menina foi estuprada e estrangulada. O suspeito de cometer o crime, segundo a polícia, é o vizinho da vítima, identificado como Francinaldo Marialva Pereira. O acusado está foragido.

    De acordo com relatos da mãe da criança, Lúcia Silva, 38, a menina estava em frente a sua residência, no último dia 10 deste mês, por volta de 12h, pronta para ir à escola. A mãe teria entrado na casa para buscar um objeto e quando retornou para a frente da casa a filha já não se encontrava.

    Conforme Lúcia, o suspeito ainda ofereceu ajuda para procurar a menina. Ele foi visto pela última vez as 22h de ontem, quando chegou a perguntar do pai da criança se eles já haviam encontrado a filha.

    O pai da menina, Jean Pantoja, disse que acreditava, desde o segundo dia, que a filha dele estava amarrada na casa do suspeito.

    O crime está sendo investigado pela DEHS.

    Por equipe EM TEMPO Online