Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Colisão entre pássaro e avião adia voo de Manaus para Brasília

    O voo JJ3609 da LATAM Airlines Brasil foi adiado na tarde desta terça-feira (1º) após colidir com um pássaro nas proximidades do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes em Manaus. O avião, que decolou às 13h19, e tinha como destino Brasília, teve que retornar ao aeroporto.

    Em nota, a empresa informou que o voo foi reprogramado para esta sexta-feira (02), às 11h.  A aeronave aterrissou em completa segurança. A companhia esclareceu que está prestando assistência aos passageiros e reiterou “que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura”.

    Já em 2013, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) ressaltava que a presença de aves nas proximidades dos aeroportos pode colocar em risco a segurança das operações de pouso e decolagem em aeroportos. Na maioria dos casos, os pássaros são atraídos pelo lixo acumulado e não descartado corretamente pelas comunidades vizinhas ao aeroporto.

    “A redução da presença de aves na área do aeroporto de forma ambientalmente responsável é uma diretriz da Infraero. Nesse sentido, os aeroportos administrados pela empresa contam com um Plano de Manejo de Fauna, aprovado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que contempla diversas técnicas para controle da fauna local”, dizia a matéria da Infraero publicada na época.

    Em Manaus, o trabalho de manejo de fauna é realizado por meio do convênio com o Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Universidade de Brasília (CDT/UnB). Entre as ações desenvolvidas, estão o monitoramento das aves e captura de animais através de armadilha e anilhamento, seguida de encaminhamento das espécies para outras áreas, distantes do aeroporto.

    Com informações da assessoria